Pular para o conteúdo. Ir para a navegação

Portal IDIS

Seções
Ações do documento

Pesquisas

Um nível acima

Cenário Brasileiro do Marketing Relacionado a Causas - Atitudes e Comportamento do Consumidor

A pesquisa analisou como os consumidores brasileiros enxergam as marcas que apóiam causas sociais e qual retorno do MRC para as empresas, consumidores e organizações da sociedade civil.

Leia mais

Cenário Brasileiro do MRC - Atitudes e Comportamento das Empresas

O estudo analisou o conhecimento, atitudes e comportamentos do setor privado em relação ao MRC e procurou conhecer a penetração desse tipo de ação de marketing no mercado corporativo brasileiro.

Leia mais

Pesquisa IDIS de Investimento Social na Comunidade

Realizada entre os dias 14 de setembro e 21 de outubro de 2004, teve o objetivo de identificar para que tipos de ação na comunidade as empresas dirigem seus investimentos, verificar se as ações são avaliadas, de que forma, e dimensionar as perspectivas de ampliação desse tipo de investimento.

Leia mais

Pesquisa Ação Social das Empresas

Realizada pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA), em 2006, a segunda edição da Pesquisa Ação Social das Empresas aponta que houve um crescimento significativo na proporção de empresas que realizaram ações sociais entre 2000 e 2004.

Leia mais

Diretrizes para a Avaliação de Projetos e Programas de Investimento Social Privado

A tese de Eduardo Marino, concluída em 2003, apresenta um estudo da aplicabilidade dos Standards de Avaliação de Programas definidos pelo The Joint Comittee of Standards for Educational Evaluation em programas e projetos de investimento social privado nacionais. O documento apresenta 30 parâmetros, a maioria deles aceita como aplicáveis nos projetos brasileiros.

Leia mais

Relatório mostra panorama da doação e do voluntariado no Vale do Silício

04/01/2007 - Publicada originalmente pela Community Foundation Silicon Valley, em inglês, a pesquisa “2002: Relatório sobre Doação e Voluntariado no Vale do Silício” mostra como a implantação de empresas de alta tecnologia transformou uma região tradicionalmente agrícola (Califórnia), gerando aumento não apenas da população jovem, mas também da riqueza local. Essa nova renda passou a ser investida socialmente, em parte, na própria região; em parte, em outras áreas dos EUA; e, em parte em outros países, pois muitos dos trabalhadores eram provenientes de outros estados americanos ou nações, e preferiam investir em suas comunidades natais.

Leia mais

IEG divulga nova previsão de crescimento para o investimento em MRC em 2007

O investimento americano em Marketing Relacionado a Causas chegará este ano a 1,44 bilhão de dólares, de acordo com nova pesquisa do IEG Sponsorship. O resultado representa um aumento de 10,5% para o setor, confirmando a tendência de crescimento contínuo nos últimos anos. Desde os anos 90, esse tipo de investimento passou de 120 milhões de dólares para o atual 1,44 bilhão. O ano de 2006 registrou um dos maiores crescimentos, chegando a 20,2%.

Leia mais

2002: Relatório sobre Doação e Voluntariado no Vale do Silício

11/01/2007 - Pesquisa da Community Foundation Silicon Valley mostra como a implantação de empresas de alta tecnologia transformou uma região tradicionalmente agrícola dos EUA (Califórnia), gerando aumento da população jovem e da riqueza local, e como essa riqueza passou a ser investida socialmente na própria região, em outras áreas dos EUA, e em outros países, pois muitos dos trabalhadores preferiam doar para suas comunidades natais.

Leia mais

Responsabilidade Social é vista como principal papel do empresário

A pesquisa “Indústria e Empresário na Opinião da Sociedade”, realizada pelo Ipsos e que acaba de ser lançada pelo Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP), revela que a responsabilidade social já é o principal papel do empresário na sociedade brasileira.

Leia mais

Voluntariado Empresarial como ferramenta de gestão de pessoas

Elaborada por Alessandra A. Cherubino Luz, Ana Lúcia Caloi Neves, Élica Fernandes, Norival de Oliveira e Tatiana M. Otani, em agosto de 2004, a monografia mostra como o voluntariado empresarial, mesmo não sendo implantado com a finalidade de “gerir pessoas” ou “humanizar relações”, acaba proporcionando mudanças comportamentais positivas naqueles que dele fazem parte.

Leia mais

“Empresa na comunidade: o papel das corporações no apoio à filantropia comunitária no Brasil”

Elaborado por Helena Monteiro, diretora de capacitação e disseminação de conhecimento do IDIS, em novembro de 2006, o documento mostra como as Organizações de Filantropia e Investimento Social Comunitário (OFISCs) podem facilitar o processo de investimento social das empresas nas comunidades, contribuindo para o engajamento ativo desses atores no desenvolvimento local sustentável. De acordo com o documento, as OFISCs podem facilitar a colaboração entre empresas e organizações da sociedade civil porque conhecem as questões comunitárias, promovem a criação de redes sociais intersetoriais e são um ator independente e autônomo, com poder de accountability. Por outro lado, adotam uma perspectiva ampla e positiva do envolvimento empresarial na comunidade, reconhecendo que as corporações podem contribuir não apenas com dinheiro e outros materiais doados, mas também com suas habilidades, recursos humanos, tecnologia e conhecimento.

Leia mais

Riovoluntário lança pesquisa sobre perfil do voluntariado empresarial

02/08/2007 - As empresas parecem estar cada vez mais preocupadas com o desenvolvimento de bons programas de voluntariado corporativo, segundo mostra a pesquisa “Perfil do Voluntariado Empresarial no Brasil”, recém-lançada pela organização da sociedade civil Riovoluntário. Das 89 empresas (de todos os portes e setores, que atuam em território nacional, sendo 61% delas na região sudeste) que responderam ao questionário, 45% possuem programas de voluntariado institucionalizado, com planejamento e orçamento anuais.

Leia mais

CAF lança pesquisa sobre como o diálogo com os públicos de relacionamento da empresa influencia o investimento social corporativo

13/12/2007 - No último 3 de dezembro, a Charities Aid Foundation (CAF) lançou uma pesquisa intitulada "The role of stakeholder engagement in Corporate Community Investment". O estudo, realizado em parceria com o International Centre for Corporate Responsibility da Escola de Negócios da Universidade de Nottingham, Inglaterra, propõe-se a entender como e por que as empresas decidem dialogar com seus públicos de relacionamento, analisando os efeitos desse diálogo no investimento social corporativo.

Leia mais

Estudo analisa políticas legais para o terceiro setor no sul da Ásia

2/5/2008 – O estudo Philanthrophy and Law in South Asia, publicado em setembro de 2007 pelo Asian Pacific Philanthropy Consortium, analisa o desenvolvimento de políticas para o terceiro setor no sul da Ásia.

Leia mais

Diaspora giving: imigrantes que promovem o desenvolvimento de seus países natais

2/5/2008 – Estudo realizado pela The Philanthropic Initiative (TPI) e pela Global Equitity Initiative (GEI), da Harvard University, estuda o crescimento de doações de imigrantes para seus países de origem. As transferências, que sempre ocorreram com fins privados (para uso da família ou investimento pessoal), cada vez mais visam a promoção do benefício público.

Leia mais

O futuro da arrecadação de recursos

11/7/2008 – Consciente do interesse que as organizações sem fins lucrativos possuem em ferramentas para arrecadar recursos, o centro de pesquisa da Charities Aid Foundation (CAF) monitora inovações em ferramentas neste campo. O New Media Fundraising: 21st Century Innovations é uma fonte de informação sobre rotas de financiamento disponíveis a partir de novas tecnologias.

Leia mais

A aderência entre o constructo da sustentabilidade e a prática das ONGs

Dissertação apresentada por Rosana Kisil à Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas propõe um conjunto de critérios para analisar a sintonia entre o constructo da sustentabilidade e a prática de ONGs. Entende-se por constructo um conjunto de conceitos que, juntos, oferecem uma imagem ou idéia que não pode ser diretamente observada, mas, apenas indiretamente, por meio de seus componentes.

Leia mais

Pesquisa revela características da atuação social corporativa norte-americana no Brasil

12/1/2009 – Levantamento em cinqüenta e nove organizações, entre empresas, fundações e institutos, ajuda a traçar panorama sobre o investimento social corporativo realizado por organizações norte-americanas no Brasil.

Leia mais

Pesquisa da Edelman aponta queda na confiança na economia dos Estados Unidos e aumento entre os países do BRIC

23/3/2009 – A confiança das pessoas nas empresas em todo mundo nunca esteve tão baixa desde a quebra da companhia norteamericana de energia Enron, a explosão da bolha da Internet e os atentados de 11 de setembro de 2001. A 10ª Edelman Trust Barometer (Índice de Confiança da Edelman, em tradução livre) mostra que 62% das pessoas confiam menos nas empresas em relação a 2008.

Leia mais

Cenário Brasileiro do Marketing Relacionado a Causas – Atitudes e Comportamentos das OSCs e Empresas

31/3/2009 – A pesquisa Cenário Brasileiro do Marketing Relacionado a Causas – Atitudes e Comportamentos das OSCs e Empresas mostra a incidência de ações de Marketing Relacionado a Causas (MRC) no mercado brasileiro, além de apontar o comportamento e as atitudes de instituições com e sem fins lucrativos em relação à temática. O levantamento foi realizado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e pela Enfoque, empresa de pesquisa em marketing. Os resultados foram apresentados durante o 3º Seminário de Marketing Relacionado a Causas, promovido pelo IDIS no último trimestre de 2007

Leia mais

Estudo detalha perfil das fundações comunitárias no México

3/6/2009 – Publicado em março de 2009, a pesquisa Fundaciones Comunitarias en México: un panorama detallado (Fundações Comunitárias no México: uma visão detalhada, em tradução livre) apresenta as principais características no país. O estudo, realizado pela empresa de consultoria Teamworks e pela organização Alternativas y Capacidades, revelou que as instituições mexicanas atuam em três áreas prioritárias: fortalecimento da sociedade civil, fomento à cultura da filantropia organizada e atendimento à população de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade.

Leia mais

Publicação da CAF mostra redução do investimento social corporativo

29/6/2009 - Dois quintos das organizações receberam menos recursos que orçaram para a manutenção de projetos que atendem aos interesses da sociedade, revela recente pesquisa da Charities Aid Foundation (CAF), instituição do Reino Unido cujo objetivo é fortalecer o investimento social privado.

Leia mais

Mulheres doam mais e recebem mais doações, diz relatório

6/7/2009 – Nos últimos anos, o número de doações para fundos ligados a causas femininas têm crescido mais que a média global. O mesmo ocorre para as doações feitas por mulheres. A informação é do relatório Women & Philanthropy: inspiring women, inspired giving (Mulheres e a filantropia: inspirar as mulheres, doação influenciada, em tradução livre), feito pela Philanthropy UK (Reino Unido), organização que auxilia doadores a investir de forma mais eficaz, provendo informações e incentivando pessoas a fazer investimentos sociais.

Leia mais

Aumenta investimento das fundações familiares na Europa e nos Estados Unidos

15/7/2009 – Relatório do Centro de Doações e Filantropia da Cass Business School – escola de negócios da Universidade da Cidade de Londres – mostra o crescimento do investimento social das fundações familiares dos Estados Unidos, Alemanha, Itália e Reino Unido entre os anos de 2006 e 2007. É a segunda pesquisa do gênero produzida pelo centro de estudos – o anterior referia-se ao biênio 2005/2006.

Leia mais

CAF pesquisa envolvimento de stakeholders nas ações investimento social

2/9/2009 – Mais de três quartos (76%) de 51 empresas do Reino Unido que praticam investimento social privado consideram que o envolvimento dos stakeholders acaba tendo efeito positivo sobre as ações do investimento social.

Leia mais

Estudo indica impacto da crise econômica na sustentabilidade de empresas brasileiras

25/9/2009 – A crise financeira, que completou um ano em setembro, desencadeou um efeito exponencial na gestão das empresas. Muitas revisaram os custos, inclusive de investimentos de todos os tipos. Nesse contexto, a Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável (FBDS), organização social que promove o desenvolvimento sustentável, realizou estudo para compreender as consequências do fato na agenda de sustentabilidade das corporações brasileiras.

Leia mais

CAF lança pesquisa sobre resistência à crise econômica mundial

21/10/2009 – A Charities Aid Foundation (CAF) divulgou em outubro estudo sobre a visão das pessoas de como as organizações sociais e investidores sociais devem atuar durante e após o período de crise econômica mundial.

Leia mais

Estudo da OIT traça diagnóstico da relação entre juventude e trabalho decente no Brasil

3/11/2009 – A pesquisa Trabalho Decente e Juventude, lançada em meados de 2009 pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), indica que parte significativa dos jovens brasileiros, com idades entre 15 e 29 anos, tem dificuldade de conseguir uma inserção qualificada no mercado de trabalho. O estudo foi desenvolvido em parceria com Secretaria Nacional de Juventude e do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Leia mais

Pesquisa analisa filantropia catalisadora

30/11/2009 – Por que alguns investidores sociais são mais eficazes que outros? Com esse questionamento, a Foundation Strategy Group (FSG) organização norte-americana de apoio à filantropia e à responsabilidade social corporativa, realizou a pesquisa Catalytic Philanthropy (Filantropia Catalisadora, em tradução livre), em que investiga as causas para alguns filantropos conseguiram alcançar resultados mais eficientes que outros.

Leia mais

O papel das empresas nos Determinantes Sociais da Saúde

1/2/2009 – Como as corporações podem atuar junto aos Determinantes Sociais da Saúde (DSS) foi o tema do estudo realizado pelo The Conference Board of Canada, organização da sociedade civil de pesquisa aplicada daquele país. O Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) traduziu o sumário executivo, cujo original se encontra em inglês. O relatório Pessoas Saudáveis, Desempenho Saudável, Lucro Saudável aponta como as ações de empregadores e empregados podem influenciar diretamente na qualidade da saúde. Essa nova visão da DSS é interdisciplinar e considera que o bem-estar resulta da influência social, econômica, cultural e política de uma sociedade e não apenas da condição individual de saúde. No sumário-executivo, observa-se que a empresa é um dos atores responsáveis pelo alcance da qualidade da saúde, ao lado do governo e da sociedade. O documento apresenta exemplos de iniciativas de corporações do Canadá e de outras nações que indicam, na prática, como pode ser essa atuação. A íntegra do relatório, em inglês, pode ser acessada no site www.conferenceboard.ca. É necessário cadastrar-se gratuitamente. Aqui no portal do Investimento Social é possível fazer o download da versão em português.

Leia mais

Pesquisa revela situação da educação corporativa no Brasil

3/2/2010 – Os sistemas de educação corporativa (SEC), em geral, são recentes no Brasil, suas ações interagem com as estratégias de negócio das empresas e seu resultado desvincula-se de avaliações de desempenho e da remuneração do funcionário. Porém, ainda há potencial de crescimento na área para as práticas de educação a distância e necessidade de aumentar a conscientização e participação dos líderes locais. Esses são apenas alguns dos resultados preliminares que aponta a Pesquisa Nacional sobre Práticas e Resultados da Educação Corporativa. O estudo, de 2009, foi coordenado pela professora Marisa Éboli, do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Na sondagem, 54 empresas responderam a um questionário estruturado. O objetivo foi de avaliar o panorama geral da educação corporativa no Brasil e identificar as práticas mais recorrentes nas organizações. A maioria das respondentes foram grandes companhias, com mais de hum mil colaboradores (70%) e faturamento acima de R$ 1 bilhão (57%). O estudo aponta que 70% dos SECs estão sob o comando de mulheres e que 40% das corporações investem entre 1% e 3% da folha de pagamento na prática. Os resultados preliminares foram apresentados durante um simpósio internacional sobre o tema, realizado na capital paulista no dia 27 de novembro de 2009. A pesquisa foi apoiada pela Eletrobrás, Grupo Santander Brasil, Itaú-Unibanco, Nestlé e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A íntegra da apresentação pode ser baixada aqui no Portal do Investimento Social.

Leia mais

Mais de 90% das organizações avaliam projetos, aponta levantamento

23/3/2010 – Pesquisa do Instituto Fonte com a Fundação Itaú Social indica que, nos últimos 5 anos, 91% das organizações brasileiras da sociedade civil que atuam com projetos sociais utilizaram a avaliação como ferramentas de análise de suas iniciativas.

Leia mais

Ipea divulga 4º relatório de acompanhamento dos ODMs

5/4/2010 – Em março, o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) publicou a 4ª edição do Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs), em conjunto com a Presidência da República. O documento, de 182 páginas, mostra como o país tem evoluído no cumprimento das metas estabelecidas pela Organização das Nações Unidas. A maior parte dos dados baseia-se levantamentos de 2007 e 2008. É possível constatar, por exemplo, que o Brasil atingiu a metas de combater a doenças como Aids e malária, e está prestes a reduzir a mortalidade infantil em dois terços, além de poder conseguir acabar com a extrema pobreza. A íntegra do estudo também está disponível no site www.ipea.gov.br/sites/000/2/ftp/RelatorioODM-final.pdf.

Leia mais

Pesquisa analisa grau de avaliação dos projetos sociais de empresas

22/4/2010 – Apenas 16% das empresas avaliam seus projetos sociais (de um universo de 95 mil estabelecimentos) e aquelas que o fazem, realizam com o objetivo de conhecer os resultados dos investimentos sociais, de aprimorar a gestão e de impulsionar os programas e projetos. Essas são algumas das conclusões da pesquisa Cultivando os Frutos Sociais – A Importância da Avaliação nas Ações das Empresas, conduzida pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), com apoio da Comissão Econômica para América Latina e Caribe (Cepal). A investigação integra a Pesquisa Ação Social das Empresas, uma série de análises sobre o comportamento do investimento social corporativo. A terceira edição aprofunda o conhecimento sobre as práticas de avaliação das empresas. A amostra baseou-se no levantamento de 2006, somada à pesquisa de campo realizada entre 2007 e 2008. A íntegra do estudo pode ser baixada do site do IDIS ou acessada no site http://www.ipea.gov.br/sites/000/2/livros/2009/Livro_Cultivando_Frutos_Sociais.pdf.

Leia mais

Pnud analisa desigualdade social na América Latina

3/8/2010 – Novas estimativas do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), ajustadas às dimensões da América Latina e Caribe, indicam que a desigualdade é ainda maior quando os países são comparados à realidade da região. O Relatório Regional sobre Desenvolvimento Humano para a América Latina e Caribe 2010 – Atuar sobre o futuro: romper com a transmissão intergeracional da desigualdade, publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) em julho, mostra que como as políticas públicas devem atuar para quebrar o círculo de perpetuação da pobreza que ocorre de geração para geração. A íntegra da pesquisa, com 209 páginas em espanhol, pode ser acessada no site do IDIS. O material também está disponível no site do Pnud, pelo link http://www.idhalc-actuarsobreelfuturo.org/site/informe.php.

Leia mais

Pesquisa discute situação das fundações comunitárias e seu papel no desenvolvimento local

18/8/2010 – Com base em 50 solicitações de apoio financeiro, o Fundo Global para Fundações Comunitárias (GFCF) elaborou um relatório em que retrata a situação das fundações comunitárias no mundo. Denominado Mais do que um Primo Pobre? A Emergência de Fundações Comunitárias como um Paradigma de Desenvolvimento, a diretora-executiva do GFCF, Jenny Hodgson, e o conselheiro do Fundo, Barry Knight, refletem como o investimento social comunitário pode criar um novo paradigma de desenvolvimento local. Eles também refletem sobre a emergência de fundações comunitárias nos últimos 15 anos em países do Sul, como Brasil e África do Sul. A versão em português teve apoio do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICom). A íntegra também está disponível no endereço http://globalfundcommunityfoundations.org/html/documents/more_than_poor_Portuguese.pdf.

Leia mais

Pesquisa analisa sustentabilidade de ONGS associadas à Abong

27/8/2010 – Intitulado Sustentabilidade das ONGs no Brasil: acesso a recursos privados, a pesquisa da Associação Brasileira das Organizações Não-Governamentais (Abong) aponta como as organizações da sociedade civil a ela filiadas estão mantendo a sua sustentabilidade. Apesar de o levantamento qualitativo ter sido feito com 19 ONGs, o estudo indica um cenário em que os recursos da cooperação internacional estão cada vez mais diminuindo. A consequência é a procura por novas fontes financeiras, como os investidores sociais corporativos, familiares e individuais. A íntegra do estudo também está disponível no endereço www.abong.org.br.

Leia mais

Pesquisa aponta que 1/4 de brasileiros doa dinheiro para organizações sociais

14/9/2010 - O World Giving Index, o estudo mais abrangente já realizado sobre doação no mundo, publicado hoje pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e Charities Aid Foundation (CAF), aponta que um quarto dos brasileiros doou dinheiro para as organizações sociais no último mês. (pesquisa disponível apenas em inglês)

Leia mais

A verdadeira riqueza das nações: caminhos para o desenvolvimento humano

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) divulgou o documento “A verdadeira riqueza das nações: caminhos para o desenvolvimento humano”, que aponta progressos do Brasil no Índice de Desenvolvimento Humano.

Leia mais

Estudo Women Give 2010

O estudo da organização do Center on Philantrophy da Indiana University, divulgado em 28 de outubro, oferece dados que podem auxiliar as organizações da sociedade civil a desenvolver estratégias de captação de recursos de pessoas físicas.

Leia mais

CAF Disasters, Donors & Giving Research April 2011

Pesquisa da CAF Austrália com mais de 1.000 empregados dos setores público e privado demonstra eficiência de estratégia de captação de recursos no ambiente de trabalho para atender às vítimas de desastres naturais.

Leia mais

FLAC 2011 – O captador de recursos: quem é você?

Pesquisa sobre a atividade realizada no Festival Latino-Americano de Captação de Recursos – FLAC 2011, em parceria do IDIS com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Leia mais

Solidariedade é a principal característica do voluntário, aponta pesquisa

Levantamento realizado pelo Ibope Inteligência para a Rede Brasil Voluntário revela que 25% da população brasileira já fizeram algum tipo de serviço voluntário, sendo que 11% exercem esse tipo de atividade no momento.

Leia mais

CPS-FGV – Pesquisa “De Volta ao País do Futuro: Projeções, Crise Europeia e a Nova Classe Média Brasileira”

A pesquisa "De Volta ao País do Futuro: Projeções, Crise Europeia e a Nova Classe Média Brasileira", do Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (CPS/FGV), coordenada por Marcelo Neri, revela que a classe C deverá chegar a 60% em 2014. O estudo aborda a crise europeia, cenários de classes e suas desigualdades, até 2014, a felicidade futura da população mundial – e também os diferenciais de felicidade futura dos brasileiros e das brasileiras.

Leia mais

Relatório: The Value of Community Philanthropy (O valor da filantropia comunitária)

Este relatório, escrito por Barry Knight, apresenta os resultados de pesquisa realizada pelas organizações americanas Aga Khan Foundation e pela Charles Stewart Mott Foundation em comunidades de Washington, Estados Unidos; Joanesburgo, na África do Sul; e Dhaka, Bangladesh. O estudo explora diferentes formas para estimular e desenvolver a filantropia comunitária como meio de contribuir para a sustentabilidade das organizações da sociedade civil. Também mostra maneiras de transformar a relação entre doadores e beneficiários para melhorar o desenvolvimento da filantropia.

Leia mais

Pesquisa: The New Generation of Community Foundations (A Nova Geração de Fundações Comunitárias)

Esta pesquisa, escrita Jenny Hodgson, Barry Knight e Alison Mathie, demonstra como as fundações comunitárias têm crescido nos últimos anos. O surgimento de uma nova geração de organizações da sociedade civil está ocorrendo em um contexto mais amplo no campo da solidariedade, com o aparecimento de formas híbridas de atuação. Publicado pela Global Fund for Community Foundations e pelo Coady International Institute, em março, o documento foi baseado em três fontes de pesquisa: 1) revisão da literatura sobre conceitos relacionados às fundações comunitárias e sua relação com a ampliação da chamada “economia social”; 2) observações empíricas de profissionais do setor; e 3) apresentação dos seguintes estudos de caso: Dalia Association, da Palestina; Waqfeyat al Maadi Community Foundation, do Egito; Amazon Partnerships Foundation, do Equador; Tewa - Nepal Women’s Fund, do Nepal; e Kenya Community Development Foundation, do Quênia.

Leia mais

World Giving Index 2013

Relatório com os resultados do World Giving Index de 2013, que traz os principais números da generosidade no mundo.

Leia mais

Acessar


Esqueceu sua senha?
Novo usuário?
Cadastre-se para receber o InVista Social - Boletim do Investidor Social.

Parceiros


 

Impulsionado pelo Plone, o Sistema de Gerenciamento de Conteúdos de Código Aberto