Equipe e Conselho

Fundador

Marcos Kisil é consultor estratégico e fundador do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social - IDIS. Anteriormente, atuou como Diretor Regional para a América Latina e Caribe na Fundação W.K. Kellogg, sendo o responsável pelo desenvolvimento programático e estratégico da fundação. Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, dedicou-se ao campo da administração de saúde, tendo-se doutorado em Administração pela George Washington University, Washington-DC, EUA, como bolsista da Fundação W.K.Kellogg. Foi também consultor da Organização Pan-Americana de Saúde. Atualmente exerce atividades acadêmicas como Professor Titular da Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, e é membro dos Conselhos da Resource Alliance e da SAVE Brasil – afiliada da Bird Life International. Marcos Kisil é sênior fellow do Synergos e membro do conselho editorial da revista Alliance Magazine. Autor dos livros “Comunidade: Foco de Filantropia” e “Investimento Social Privado e Tendências do Investimento Social na América Latina”.

Direção

Paula Jancso Fabiani é diretora-presidente do IDIS. Anterior a esta posição, foi diretora financeira da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e controller do Instituto Akatu. Trabalhou no braço de Private Equity do Grupo Votorantim e em uma das empresas investidas. Atuou no BankBoston nas áreas de asset management e M&A, e no Lloyds Bank em trade finance. Autora dos livros Fundos Patrimoniais, Criação e Gestão no Brasil e Primeira Infância – Panorama, Análise e Prática. É economista formada pela FEA-USP, com MBA pela Stern School of Business – New York University, especialização em Endowment Asset Management na London Business School e Yale, e Gestão de Organizações do Terceiro Setor na FGV. É a única pessoa brasileira certificada na ferramenta de avaliação SROI. Faz parte dos Empreendedores Cívicos da RAPS, membro dos Conselhos da Captamos, da Escola Aberta do Terceiro Setor e do Instituto Vladimir Herzog.

Equipe Técnica

Andrea Wolffenbüttel é diretora de Comunicação e Relações Institucionais do IDIS. Jornalista, com formação também na área de Análise de Sistemas e especialização em Economia, teve experiência de redação em veículos tais como O Estado de S.Paulo, SBT e CBS News (EUA). Gerenciou o Centro de Informações e Pesquisas da Gazeta Mercantil. Editou a revista Desafios do Desenvolvimento, uma publicação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Coordenou a comunicação e o relacionamento com a imprensa da Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo, incluindo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a gestora do sistema de transporte público, SPTrans. No terceiro setor, foi gerente de Comunicação e Conteúdo do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente e, mais recentemente, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal.
Celina Yamanaka é gerente-financeira do IDIS, onde atua desde fevereiro de 2011. Atuou na área administrativo-financeira por quase oito anos na Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, em especial na área de prestação de contas e iniciou sua trajetória no Terceiro Setor como coordenadora financeira administrativa no Instituto Akatu, passando pelo Instituto de Defesa do Direito de Defesa e pela Associação Casa Azul, nessa última como diretora-administrativa. É formada em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília (UnB), com curso de especialização pela Fundação Getúlio Vargas em Finanças.
Liliana Guimarães é Estagiária de Projetos do IDIS. Advogada formada pela Fundação Getulio Vargas, realizou intercâmbio acadêmico com foco em Sociologia no Institut d’Études Politiques de Paris (Sciences Po Paris) e atualmente cursa Administração Pública também na FGV.
Olivia Castello Branco é Trainee de Projetos do IDIS. Graduada em Direito pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGV), realizou intercâmbio na Universidade de Tilburg na Holanda.






Raquel Altemani é coordenadora de planejamento do IDIS desde maio de 2017. Atuou durante três anos na Nielsen Brasil, trabalhando com gestão de projetos, otimização de processos e gestão da performance por meio de desenvolvimento e análise de indicadores e modelos de governança. Antes disso, atuou na área de Processos e Qualidade em instituições financeiras, incluindo o Banco ibi, Banco Votorantim e Banco CBSS, desenvolvendo mapeamento e otimização de processos, gestão de indicadores, gestão de risco e projetos de implementação de novos produtos. É formada em Administração pela FEA-USP desde 2003.


Raquel Lordello Coimbra é diretora de projetos do IDIS desde abril de 2011. Foi diretora executiva da Associação Casa Azul e gestora de projetos no ILANUD (Instituto Latino Americano das Nações Unidas Para Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente) e na Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo. Atuou como advogada na área de Direito Civil e societário em escritório no Brasil e no exterior. É formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), é Mestre em Direitos Sociais pela faculdade de Direito da PUC-SP e especialista em Direito do Terceiro Setor pela Fundação Getulio Vargas (FGV).
Rita de Cássia Almeida é assistente administrativa do IDIS. Técnica em contabilidade e com formação em Gestão Financeira pela Uniban de São Bernardo do Campo, trabalhou como assistente contábil na Veneziani Auditores Independentes por 9 anos. Iniciou sua trajetória no Terceiro Setor atuando como assistente administrativa do IDIS entre 2005 a 2009 e, posteriormente no cargo de analista administrativa no Instituto Rukha.
Thais Ferreira é assistente de Comunicação e Relações Institucionais do IDIS. É formada em Relações Internacionais com ênfase em Marketing e Negócios Internacionais pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).






Valentina Menezes é coordenadora de Comunicação e Relações Institucionais do IDIS. Esta é sua primeira experiência no Terceiro Setor, caminho que decidiu abraçar depois de um ano sabático na Europa e nos EUA. Jornalista, com pós-graduação em Jornalismo Político pelo Cogeae-PUC-SP, tem mais de 20 anos de experiência na grande imprensa, tendo atuado em veículos de comunicação de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro. Chefiou a redação da Record-RJ; dirigiu a sucursal de Brasília da RedeTV! Gerenciou a área de produção da TV Cultura, atuando diretamente nos 3 telejornais da emissora e nos programas Roda Viva, Repórter Eco, Opinião Nacional e Metrópolis. Foi chefe de reportagem do SBT e editora-executiva do telejornal SBT Brasil. Atuou também no Sistema Globo de Rádio, sendo produtora e editora de texto da rádio CBN, em São Paulo. Na TV Gazeta coordenou a produção do Em Questão, programa diário de debate político, e foi chefe de reportagem do Depto de Jornalismo. Seja como coordenadora, editora, chefe de reportagem, produtora, redatora ou roteirista, participou da cobertura de diversas campanhas eleitorais, além de produzir debates para emissoras nas disputas presidenciais de 1998, 2002; 2006; 2014.

Conselho Deliberativo

Presidente

Maria Lúcia Almeida Prado e Silva formou-se na Faculdade de Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em 1979. Especializou-se em Direito Internacional na Southwestern Legal Foundation da University of Texas, em 1988. Indicada como “Leading Lawyer in Her Field” pelo diretório Análise Advocacia (societário). É Membro do Conselho Deliberativo do IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social, Membro do Comitê Societário do Centro de Estudos das Sociedades de Advogados – CESA, Membro do Comitê Editorial da Área de Comunicação e Marketing do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo- IBEF e sócia responsável pela Área Societária do escritório Demarest Advogados.

Vice-presidente

Walter Piacsek é graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e possui MBA pela Harvard Business School. Foi sócio e presidente no Brasil da consultoria empresarial The Boston Consulting Group. Também foi vice-presidente executivo do Banco Votorantim e trabalhou por vários anos em corporate banking no Citibank. Atualmente é sócio responsável pelas operações do fundo de private equity Apax Partners na América Latina. Ele é membro do Conselho de Administração do Instituto Ayrton Senna, do CREN e é associado ao YPO (Young Presidents Organization).

Conselheiro

Hélio Nogueira da Cruz é professor titular sênior do Departamento de Economia da FEA-USP, onde obteve os títulos de mestre, doutor e livre-docente, sendo o pós-doutorado pela Universidade de Yale (EUA). Foi vice-reitor da Universidade de São Paulo e é membro do Conselho Curador da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), da Fundação para o Vestibular da USP (Fuvest) e da Fundação Zerbini, bem como do Conselho Fiscal da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e da Fundação Instituto Butantan.

Conselheiro

José Guimarães Monforte, economista formado pela Universidade Católica de Santos. É sócio da Emax Consultoria, Presidente do Conselho de Administração da Eletrobrás, Presidente dos Conselhos Consultivos da Premix e do Instituto Elos. Membro do Conselho Consultivo do Laboratório Cristália e da Escola Britânica de Artes Criativas, membro do Conselho de Administração da Cyrela, membro do Comitê de Governança de Empresas Estatais da BM&F Bovespa. Participou do desenvolvimento do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, sendo Conselheiro em 2002, Vice-Presidente do Conselho em 2003 e Presidente do Conselho de 2004 a 2008. Atuou como executivo em diversos bancos e empresas como BANESPA, Banco Merrill Lynch, Banco Citibank NA, VBC Energia S/A e Janos Comércio, Administração e Participações LTDA, ocupando posições no Brasil e no exterior.

Conselheiro

Luiz Sorge é graduado em Engenharia com Pós-graduação em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado e Programa de Educação Continuada em Cenários Econômicos pela Fundação Getulio Vargas (FGV-SP). Com 20 anos de experiência na Indústria de Asset Management, ele se juntou ao grupo BNP Paribas em 2001, onde atualmente ocupa o cargo de CEO da BNP Paribas Asset Management Brasil. Anteriormente trabalhou nos Bancos HSBC e CCF. Ele é Diretor da ANBIMA - Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e Membro do Conselho do BancoEstado S.A. Administradora General de Fondos (BEAGF) - Chile. Adicionalmente Luiz Sorge detém a Certificação CFP®.

Conselheiro

Marcos Kisil é fundador, membro do Conselho, e analista sênior do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social - IDIS. Anteriormente, atuou como Diretor Regional para a América Latina e Caribe na Fundação W.K. Kellogg, sendo o responsável pelo desenvolvimento programático e estratégico da fundação. Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, dedicou-se ao campo da administração, tendo-se doutorado em Administração pela George Washington University, Washington-DC, EUA, como bolsista da Fundação W.K.Kellogg. Foi também consultor da Organização Pan-Americana de Saúde. Atualmente exerce atividades acadêmicas como Professor Titular da Universidade de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública, e é membro dos Conselhos da SAVE Brasil – afiliada da Bird Life International, Instituto MacDonald, Fundação IDEAH, e do Museu Judaico de São Paulo. Foi fundador e presidente do Conselho do GIFE- Grupo de Instituto, Fundações e Empresas, e fundador e membro do Conselho do WINGS –Worldwide Inititative in Grantmaking Support. Foi Diretor Superintendente do Instituto WCF/Brasil e da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. Marcos Kisil é sênior fellow do Synergos e da Beltsmann, e membro do conselho editorial da revista Alliance Magazine. Autor de livros, ente os quais “Comunidade: Foco de Filantropia” e “Investimento Social Privado e Tendências do Investimento Social na América Latina”; e de muitos artigos em publicações nacionais e internacionais sobre filantropia e investimento social.

Conselheiro

Raul Cruz Lima é Diretor da RCL Comunicação, que dá consultoria em comunicação e marketing. Trabalha em campanhas políticas. Faz parte dos Conselhos Deliberativos do IDIS e do Instituto Vladimir Herzog. Foi jornalista (Veja, Estadão) e também publicitário (Salles, Lintas, JWT, Denison). Sempre trabalhou para grandes empresas, nacionais e internacionais. Foi redator, Diretor de Criação, Vice-Presidente, e depois sócio e Presidente da Denison Propaganda (vendida para a WPP). Acumulou mais de 400 prêmios nacionais e internacionais. Foi Presidente do Clube de Criação de São Paulo. Fez campanhas políticas (Montoro Governador SP- 1982, Presidencialismo- no Plebiscito 1993, Alckmin Prefeito SP- 2008, Beto Richa Governador PR- 2014). Trabalhou para o terceiro setor, criando campanhas como Juréia (SP, em 1988), Declaração dos Direitos das Futuras Gerações (para Jacques Cousteau, nos 50 anos da ONU, em 1995) e, mais recentemente, Floresta faz a Diferença (contra o Código Florestal Brasileiro, para mais de 50 entidades da Sociedade Civil).

Conselheira

Regina Vidigal Guarita é empreendedora social, fundadora e diretora-presidente da Associação Arte Despertar. É membro dos Conselhos Consultivos do Instituto Rodrigo Mendes, do Fundo Itaú Excelência Social/FIES, do Centro de Voluntariado de São Paulo/CVSP e membro do Conselho Deliberativo IDIS; foi Presidente do Conselho Curador da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e Diretora de arte e criação na agência de marketing de incentivo, Melhor Comunicação.

Conselheira

Zilda Knoploch é Mestre em Antropologia Social, CEO da Enfoque, empresa brasileira de pesquisa de marketing, especializada em estudos "ad hoc" e também CEO da Stratégir-Enfoque América Latina, liderando projetos multinacionais. É Conselheira da Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (ABEP). Atuou como executiva da Gillette e Mesbla. Foi premiada com o Destaque Profissional de Pesquisa ABP em 1994. Foi chairman do Congresso Brasileiro de Pesquisa da ABEP de 2016. Palestrante da Casa do Saber Rio, e de 1990 a 2002 foi professora de Comportamento do Consumidor no Mestrado de Administração em Empresas no MBA em Marketing do COPPEAD-RJ. Sua experiência docente inclui cursos de pós-graduação em Marketing do IBMEC-RJ, IAG-PUC e Pós-Doutorado da FGV-RJ.

Conselho Fiscal

Presidente

Priscila Pasqualin é especialista em Direito para o Terceiro Setor, há mais de 20 anos presta assessoria jurídica tributária, societária, contratual e regulatória a organizações sem fins lucrativos. Presta também consultoria legal a empresas e famílias que queiram investir no Terceiro Setor ou em Negócios Sociais. É sócia de PLKC Advogados, responsável pela nova área de Filantropia, Terceiro Setor e Responsabilidade Socioambiental. É Diretora Executiva e uma das fundadoras do Instituto Spiralis. É Diretora Jurídica e de Relacionamento com o Terceiro Setor do Instituto de Reciclagem do Adolescente – RECICLAR. Atuou em grandes escritórios de advocacia empresarial no Brasil (Carvalho de Freitas e Ferreira e Demarest Almeida Advogados), foi sócia titular de escritório de advocacia em São Paulo, Pasqualin Advogados, que dirigiu junto com o sócio senior, especialmente nas áreas tributária, societária, de contratos e terceiro setor.

Conselheiro

Luciano Antonio Prates Junqueira possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1969), graduação em Filosofia - Studium Generale Santo Alberto Magno (1962), mestrado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (1979) e doutorado em Administração da Saúde pela Universidade de São Paulo (1996). Atualmente é professor Titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Coordenador do Núcleo de Estudos Avançados do Terceiro Setor- NEATS/PUCSP, foi Coordenador do Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração da PUCSP; foi professor Assistente Doutor da Universidade Católica de Santos ate 2012.Coordena núcleos de estudos e pesquisa em políticas públicas e terceiro setor nas universidades que participa, realizando cursos de formação e pesquisas na área de políticas sociais e terceiro setor. Tem experiência de consultoria e pesquisa na área de Administração da Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão social, políticas públicas, em especial de saúde, terceiro setor, administração e organização pública, descentralização, intersetorialidade e recursos humanos. Participa como autor de artigos nas principais revistas científicas da área de administração (Qualis A) e como parecerista das mesmas. Participa de conselhos editoriais de revistas especializadas e, como consultor, de organismos nacionais e internacionais da área de saúde. Coordenou a Incubadora Social da UNISANTOS até 2012.

Conselheira

Maria José De Mula Cury é sócia da PriceWaterhouseCoopers. É graduada em Ciências Contábeis e Ciências Econômicas pela Pontifícia Universidade Católica se São Paulo (PUC-SP) e formada no Programa Internacional de Governança Corporativa e Mercado de Capitais para Executivas – BI International. Possui 28 anos de experiência em auditoria externa e consultoria no mercado financeiro brasileiro, envolvendo as revisões das demonstrações financeiras preparadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, bem como normas internacionais como o U.S. Generally Accepted Accounting Principles (US GAAP) e o International Financial Reporting Standards (IFRS). Responsável por diversos trabalhos de revisão de controles internos, processos de governança corporativa, revisão e reestruturação de processos de controles internos e trabalhos de due diligence. Faz parte do Instituto Brasileiro de Economia e Finanças (IBEF) e é membro da Associação Brasileira de Bancos Internacionais (ABBI).