Pacto de Promoção da Equidade Racial

Pacto de Promoção da Equidade Racial

A desigualdade social e o racismo estrutural são problemas históricos no Brasil. Nas últimas décadas e, especialmente nos últimos anos, temos observado debates sobre como essas temáticas influenciam o comportamento de pessoas e de empresas. O assassinato de George Floyd nos Estados Unidos levantou manifestações por todo o Mundo mesmo durante a pandemia do coronavírus. Intitulado “Black Lives Matter” (Vidas Negras Importam), o movimento influenciou empresas, governos e sociedade civil a se posicionarem contra o racismo. No Brasil, onde 56% da população se autodeclara negra (pretos ou pardos), a temática ganhou os holofotes no mesmo período.

Para endereçar uma das principais raízes da desigualdade social no Brasil, a Parceiros da Educação, na pessoa do seu presidente Jair Ribeiro, buscou o IDIS, junto das consultorias de diversidade e inclusão Uzoma Diversidade, Educação e Cultura e Diversidade Corporativa, para a construção do Pacto de Promoção da Equidade Racial, uma iniciativa inédita para trazer a pauta racial para o centro das discussões ESG no Brasil (temas ambientais, sociais e de governança). Reunindo acadêmicos, sociedade civil, consultorias e empresas, o IDIS auxiliou o Pacto no desenvolvimento de um algoritmo para o diagnóstico de equilíbrio racial dentro das empresas (o IEER – Índice ESG de Equidade Racial), bem como nas definições estratégicas e práticas para a implementação de um novo Protocolo ESG Racial que guiará empresas e investidores interessados e comprometidos com a causa racial.

Como promotor do investimento social privado (ISP) no Brasil, o IDIS contribuiu também com o desenho das diretrizes para que as empresas possam mudar a realidade dos territórios onde atuam através do ISP em Equidade Racial, promovendo maior desenvolvimento social e equidade racial.

Veja o fluxo do Pacto:

Fluxo Projeto de Promocao da Equidade Racial

Entre as pessoas envolvidas, estão ativistas do movimento negro como Hélio Santos, Cida Bento (CEERT), Selma Moreira (Fundo Baobá), e Adriana Ferreira (Feira Preta), representantes do mercado financeiro como Gilberto Costa (JP Morgan) e Fabio Alperowitch (FAMA Investimentos), além de acadêmicos como Lucas Cavalcanti, Michael França, Sérgio Firpo e Thiago Amparo. O Pacto foi lançado em 08 de Julho de 2021, em evento com mais de 100 participantes e com o apoio do Pacto Global da ONU.

Confira o site do Pacto de Promoção da Equidade Racial e como aderir.