Palestrantes

Adriana Mallet

CEO da SAS Smart

Médica, Empreendedora, CEO da SAS Smart e CEO da startup social SAS Brasil. Mestranda na área de Inovação em Saúde no Hospital de Câncer de Barretos com o projeto vencedor do World Summit Award 2021. Recentemente premiada no Fórum Econômico Mundial 2022 como Empreendedora Social do Ano da Fundação Schwab.

Agustín Landa García-Téllez

Diretor fundador da Lanza e representante da Alliance Magazine para América Latina

Ao longo de mais de 30 anos no setor filantrópico, Agustín desenhou e implementou estratégias para ajudar as organizações da sociedade civil a cumprir suas iniciativas. Antes de fundar a LANZA, Agustín atuou como Vice-Presidente de Desenvolvimento da Universidade de Monterrey (UDEM) de fevereiro de 2011 a março de 2020. Sua carreira profissional começou no Instituto Poblano de Readaptación, A. C., (IPODERAC), organização da qual foi Diretor Executivo e Membro do Conselho. Agustín participa, desde 1998, da criação de Fundações Comunitárias no México. Atualmente, é presidente da COMUNALIA (Aliança de Fundações Comunitárias do México); foi membro fundador e primeiro presidente da Fundación Comunidar em Monterrey e da Fundación Comunitaria de Puebla. Além de assessorar outras instituições da sociedade civil. Ele tem um MBA da UNC-Chapel Hill Kenan-Flagler Business School. Ele é um “Synergos Fellow” pelo Synergos.

Alan Almeida

Co-fundador da {Parças} Developers School

É co-fundador da {Parças} Developers School em conjunto com Carla Cristina e Francisco Neto. Empresa investida pelo Nubank e Bossanova, que ensina programação em Unidades Prisionais e quer transformar as unidades prisionais em um Polo de qualificação em Tecnologia.

Ganhador do Prêmio Empreendedor Social do Ano em sua 17ª edição, Alan é um Favelado que concluiu CS50 Harvard University com foco em Cybersecurity, é Graduando em Defesa Cibernética Ethical Hacking, Forensics & Secure DevOps. Graduado em Direito, possui a certificação CPA-20®️ ANBIMA e artigos científicos publicado no IBCCrim.

Ana Buchaim

Diretora Executiva de Pessoas, Marketing, Comunicação e Sustentabilidade da B3

É Diretora Executiva de Pessoas, Marketing, Comunicação e Sustentabilidade da B3 e está à frente de toda transformação cultural e de marca da nova companhia criada em 2017. Hoje, é a executiva responsável pelas entregas de gestão interna responsável e promoção das melhores práticas da agenda ESG, investimento sustentável e boas práticas com as empresas listadas. Formada em Administração de Empresas pela Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEA-USP), com especialização em Change Management pela Chicago Booth School of Business e formação em Psicanálise pelo Centro de Estudos Psicanalíticos. Com uma sólida carreira em instituições financeiras como Banco Santander, ABN Amro e Citibank, ingressou na Cetip, onde foi responsável pelo desenvolvimento da área de Recursos Humanos. Na sua gestão, a B3 foi certificada pela Top Employers Institute, que reconhece as empresas que oferecem excelência nas práticas de recursos humanos e foi eleita a melhor empresa empregadora do Brasil, pela revista Forbes.

André Lobo

Gerente de Monitoramento, Avaliação e Aprendizagem Luta pela Paz

Mestre em sociologia pela UFRJ, atuou por três anos na Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro. Ingressou na Luta pela Paz em 2014, tendo sido coordenador de Educação e de Parcerias, e sendo atualmente Gerente de Monitoramento, Avaliação e Aprendizagem.

Andrea Wolffenbüttel

Consultora Associada do IDIS

Andrea Wolffenbüttel é Consultora Associada do IDIS e membro do Comitê Gestor do Movimento por uma Cultura de Doação. Jornalista, com formação também na área de Análise de Sistemas e especialização em Economia, teve experiência de redação em veículos tais como O Estado de S.Paulo, SBT e CBS News (EUA). Gerenciou o Centro de Informações e Pesquisas da Gazeta Mercantil. Editou a revista Desafios do Desenvolvimento, uma publicação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No terceiro setor, foi gerente de Comunicação e Conteúdo do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente e, mais recentemente, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal.

Atila Roque

Diretor da Fundação Ford no Brasil

Atila Roque é o Diretor da Fundação Ford no Brasil. Mestre em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) e Bacharel em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Foi Diretor Executivo da Anistia Internacional no Brasil e faz parte do Conselho Diretor do GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas).

Atti Worku

co-CEO do African Visionary Fund

É líder e defensora com mais de 10 anos de experiência como CEO de uma organização sem fins lucrativos. Ao longo de sua carreira, Atti experimentou os desafios tendenciosos e injustos de arrecadar fundos filantrópicos nos EUA para uma organização africana centrada na comunidade e liderada localmente. Como Co-CEO da AVPund com sede na África, ela está focada em apoiar o crescimento pessoal e organizacional de visionários africanos e suas ideias inovadoras de impacto. Antes de ingressar no AVPund, Atti fundou e liderou a Seeds of Africa, uma organização sem fins lucrativos que desenvolve a base educacional para a próxima geração de líderes da Etiópia. Atti escreve sobre dinâmicas de poder e injustiça racial na filantropia, e seu ensaio sobre a educação de meninas como uma solução global para as mudanças climáticas foi publicado no livro Why Women Will Save the Planet. Ela foi nomeada uma das turmas de Pessoas Mais Influentes de Afrodescendentes (MIPAD) de 2019 e é indicada para a Iniciativa de Talentos em ascensão do Fórum de Mulheres 2020. Atti ganhou a Miss Etiópia em 2005 e formou-se Cum Laude com um BA em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Columbia.

Benjamin Bellegy

Diretor Executivo da WINGS

Ele é o Diretor Executivo da WINGS. Ele já liderou programas internacionais em áreas como o fortalecimento das sociedades civis, desenvolvimento sustentável ou reconstrução pós-desastre. Ele gerenciou programas internacionais na Fondation de France, trabalhou para a Agência de Cooperação Internacional de Mônaco e para várias ONGs na Etiópia, Tunísia e Canadá.

Camila Carvalho

Chefe de desenvolvimento de parcerias e de filantropia na UNICEF

Trabalha com a liderança da UNICEF, diretorias, equipes estratégicas de empresas e fundações, grandes doadores, campeões de programas e funcionários para construir uma resposta programática contínua para as crianças e adolescentes mais vulneráveis no Brasil e no mundo. 

Carlos Pignatari

diretor de Impacto Social da Ambev

Está à frente de todos os projetos de impacto positivo da Companhia. Entre eles o programa VOA, voluntário de mentoria em gestão para organizações sociais da companhia e AMA, o primeiro negócio social do Brasil em uma empresa de grande porte criado em parceria com a Yunus Social Business. Na companhia desde 2013, também atuou como gerente de performance na América Latina, sendo responsável por estabelecer metas e cascatear o programa de excelência e definições estratégicas dentro da Cervejaria, e como gerente de transformação na América do Sul, aprimorando a experiência dos funcionários por meio de tecnologia e gerenciamento de performance. É formado em Administração Pública pela FGV-SP com ênfase em política internacional e ambiental.

Carola Matarrazzo

Diretora Executiva do Movimento Bem Maior

Formada em Administração pela Fundação Armando Álvares Penteado, Carola ingressou no campo social como voluntária na Liga Solidária no ano de 2000. Exerceu diferentes cargos na organização até chegar à Presidência, onde atuou de 2012 a 2018, saindo para liderar a idealização do Movimento Bem Maior. Em 2020, recebeu o prêmio de Empreendedora Social do Ano, promovido pela Folha de São Paulo e Fundação Schwab na categoria Mitigação da Covid-19. Carola integra ainda os Conselhos Estratégicos da Liga Solidária, Artesol, Instituto Protea e Instituto iungo. É representante da sociedade civil no Comitê de Orientação e Acompanhamento do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza.

 

Cassio França

secretário-geral no GIFE

Cientista político pela UNICAMP, mestre e doutor em Administração Pública e Governo (EAESP/FGV), com pós-doutorado pela London School of Economics and Political Science. Moderador e especialista em planejamento estratégico, elaboração de projetos e processos de desenvolvimento institucional. Foi sócio-diretor da Trajetórias Planejamento e Desenvolvimento Institucional. Por dez anos, esteve como diretor de projetos na cooperação Brasil-Alemanha, pela Fundação Friedrich Ebert (FES Brasil), foi pesquisador do CEBRAP (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) e participou do Governo do Estado do Amapá, como representante do escritório de São Paulo. Tem especialização em Santiago/ Chile, em ontologia da linguagem pela Universidad San Sebastian/Newfield Consulting e especialização em Chicago/ USA em Public Communication and Workforce Engagement pela International Association for Public Participation (IAP2).

Celso Athayde

Fundador da Central Única das Favelas (CUFA)

É fundador da Central Única das Favelas (CUFA) e CEO da Favela Holding que detém mais de 20 empresas, todas com ações em favelas e periferias. Em 2021, foi o vencedor do Prêmio Schwab, do Fórum Econômico Mundial, como Empreendedor de Impacto e Inovação do Ano.

Christiane Torloni

atriz e ativista ambiental

Christiane Torloni é uma atriz e produtora cultural com mais de 46 anos de carreira. Ela atuou em 16 peças, 27 novelas e 16 filmes. Como ativista política ela participou de “Diretas Já” e, como ambientalista, liderou o movimento “Amazônia para Sempre”, que coletou mais de um milhão de assinaturas contra a devastação da Floresta Amazônica. Além de espetáculos teatrais produziu o documentário longa metragem “Amazônia, o Despertar da Florestania”, do qual também foi diretora juntamente com Miguel Przwodowski.  Atualmente faz parte do Conselho da FAS – Fundação Amazônia Sustentável.

Daniela Garcia

CEO no Instituto Capitalismo Consciente Brasil

Jornalista com mais de 25 anos de experiência, atuou com estratégia e posicionamento de marcas e como Designer de Negócios para Micro e Pequenos empreendedores. Entusiasta do terceiro setor e dos negócios de impacto social, articula parcerias com o mundo corporativo. No Instituto Capitalismo Consciente Brasil, trilhou uma escalada como Coordenadora de Comunicação, Diretora de Operações e atualmente é a CEO da organização.

Daniela Grelin

Diretora do Instituto Avon

 Ela lidera o Instituto Avon em suas iniciativas no enfrentamento da violência contra a mulher e no combate ao câncer de mama no Brasil. Ela promove a conscientização e engajamento de diferentes grupos de interesse da sociedade para transformar atitudes e comportamentos, levando estes temas tabu à pauta do debate público, promovendo o resgate das vítimas do isolamento ao empoderamento. É colunista da revista Exame, escrevendo sobre temas relacionados à equidade de gênero e direitos das mulheres.

Denise Carvalho

Gerente Sênior de Monitoramento e Avaliação no IDIS

É Gerente Sênior de Monitoramento e Avaliação no IDIS. Formada em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (UnB), possui mais de 20 anos de experiência em desenho, gestão, monitoramento e avaliação de projetos de desenvolvimento social e empresarial, tendo trabalhado em Organismos Internacionais (Nações Unidas no Brasil e na Guiné Equatorial), empresas privadas (PwC e Polaris Participações) e no Terceiro Setor (FNP, Caritas Suíça, Instituto Votorantim, Fundação Abrinq). Denise também possui uma pós-graduação em Avaliação de Resultados e Impactos de Organizações e Programas Públicos, pela Universidad del Litoral (Argentina) e um Mestrado em Empreendedorismo e Inovação, pelo BI International, e especializações no país e no exterior. Atualmente, é aluna do Mestrado em Avaliação pela Universität des Saarlandes (Alemanha).

Eliane Trindade

Editora do Prêmio Empreendedor Social da Folha de S.Paulo

Editora do Prêmio Empreendedor Social da Folha de S.Paulo. Graduada em Comunicação Social pela Universidade de Brasília em 1990, fez pós-graduação em Ciências Políticas na Universidade de Pisa (Itália) em 1993. Trabalhou nas revistas IstoÉ, Época, Marie Claire, IstoÉ Gente e Revista da Folha. Atualmente é editora do Prêmio Empreendedor Social, uma parceria da Folha de S.Paulo e da Fundação Schwab, e também titular da coluna Rede Social. Em 2002, venceu o prêmio Ayrton Senna de Jornalismo com a reportagem ‘O que eles vão ser quando crescer’. Em 2005, lançou o livro-reportagem ‘As Meninas da Esquina’ (Ed. Record), em que reuniu os diários de seis meninas vítimas de exploração sexual no Brasil. A obra inspirou o filme ‘Sonhos Roubados’ (2009), dirigido por Sandra Werneck e protagonizado pela atriz Nanda Costa.

Emanuelle Moraes

Gerente de Cidadania e Sustentabilidade no Instituto Sicoob

Atua há 19 anos na gestão de organizações não governamentais e na liderança de projetos de investimento social privado. Atuou no Instituto Brasileiro de Gestão Socioambiental (Fundacim) e na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), quando coordenou o Conselho de Cidadania Empresarial da Região Noroeste do Paraná. Desde 2012, atua na gestão do Instituo Sicoob, coordenando a operação em três eixos: Cidadania Financeira; Cooperativismo e Empreendedorismo; e Desenvolvimento Sustentável.

Erika Sanchez Saez

Diretora executiva do Instituto ACP

É comunicadora social e pesquisadora, atualmente diretora executiva do Instituto ACP e membro do comitê coordenador do Movimento por uma Cultura de Doação. É autora do livro Filantropia Colaborativa e organizadora do livro Horizontes e Prioridades para Filantropia e Investimento Social no Brasil. Formada em Comunicação Social pela ESPM, pós-graduada em Globalização, Governabilidade Mundial e Sistemas pela Universidade Politécnica da Catalunha e mestre em Cooperação, Globalização e Desenvolvimento pela Universidade de Barcelona.

Fabio Lesbaupin

Cofundador e CEO do Estímulo

Com mais de 20 anos de experiência atuando em empresas de grande porte e multinacionais, em áreas como consultoria estratégica, logística, finanças e tecnologia, Fabio Lesbaupin é cofundador e CEO do Estímulo. Formado em Engenharia de Produção na USP, cursou MBA em Administração na FGV (onde é professor convidado) e se especializou em projetos inovadores com emprego de tecnologia, trabalhando mais de 10 anos na área.

Felipe Groba

IDIS

É gerente de projetos no IDIS. Anteriormente, foi responsável pelo relacionamento institucional e captação de recursos junto a grandes doadores na Fundação Estudar, além de passagem pela Anfavea, onde foi economista-chefe e gerente de comércio exterior. É mestre em Economia Aplicada e Avaliação de Políticas Públicas pela Universidad del País Vasco (UPV/EHU) e pós-graduado em Philanthropic Studies na University of Kent, além de bacharel em Economia pela Universidade de São Paulo (FEA-USP).

Fernanda Bombardi

Gerente Executiva do ICE – Instituto de Cidadania Empresarial

É membro do Conselho da ANDE – Aspen Network of Development Entrepreneurs no Brasil e membro do Conselho do Projeto Casulo, além de Gerente Executiva do ICE – Instituto de Cidadania Empresarial e é gestora da Coalizão pelo Impacto, uma iniciativa que visa fortalecer o campo dos investimentos e negócios de impacto nas cinco regiões do Brasil, em seis cidades. Foi também fellow do programa do MIT D-Lab Innovation Ecosystem Builder Fellowship.  Com MBA em Gestão de Negócios Socioambientais pelo CEATS-USP, é psicóloga formada pela PUC-SP e especialista em Desenvolvimento Local pela OIT – Organização Internacional do Trabalho. Fernanda dedicou quase oito anos a projetos de desenvolvimento comunitário, tendo implementado um programa em geração de renda na Amazônia.

Flavia Rosso

Gerente de impacto social no iFood

É gerente de impacto social no iFood, responsável pela arrecadação de doações via aplicativo com foco no fortalecimento do 3º setor no Brasil. É também líder da frente de Combate à Fome no iFood, com iniciativas de combate ao desperdício e hortas urbanas, além das doações. Formada em Psicologia pela USP de São Paulo e estudante do MBA de Desenvolvimento Sustentável e Economia Circular pela PUC-RS.

Georgia Pessoa

Diretora Executiva do Instituto humanize

É advogada, mestre em Gestão Ambiental, com MBA em Direito da Empresa e da Economia, além de pós-graduação em Direito da Propriedade Intelectual. Antes de assumir o cargo de Diretora Executiva do Instituto humanize, ela trabalhou à frente da Gerência de Meio Ambiente da Fundação Roberto Marinho e foi Diretora da Rare no Brasil. Com mais de 20 anos de experiência na área de desenvolvimento e atuando em diversas organizações com diferentes competências. Com ampla experiência no recorte ambiental e envolvida com a comunidade filantrópica, ela sinaliza conexão com uma relevante rede de profissionais que se destacam atuando no governo brasileiro, no setor privado, em universidades e ONGs.

Giovanni Harvey

Diretor Executivo do Fundo Baobá para a Equidade Racial

Tem 30 anos de experiência como executivo na iniciativa privada, na administração pública e no terceiro setor. Foi Presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal Fluminense – UFF (1988 a 1989), empresário no setor de seguros e previdência privada (1994 a 2004), fundador da Incubadora Afro Brasileira (2004) e consultor do Programa de Incubadoras do Ministério da Economia de Cabo Verde (2007). Exerceu funções estratégicas nos três níveis da Administração Pública nas áreas de Direitos Humanos, Trabalho, Ciência e Tecnologia, Assistência Social, Governança e Igualdade Racial. Foi Secretário Nacional de Políticas de Ações Afirmativas (2008 a 2009) e Secretário Executivo (2013 a 2015) da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República – SEPPIR – PR.

Gregório Araújo

Gerente de Reflorestamento e Projetos Ambientais na Gerêncial Executiva de Responsabilidade Social

É Doutor em Economia pela Univeridade Federal do Rio de Janeiro. Ocupou diferentes funções de gestão na Petrobras, associadas a estudos de inteligência competitiva, elaboração e monitorações de cenários corporativos de longo prazo, bem como projeções macroeconômicas e energéticas. Atualmente é Gerente de Reflorestamento e Projetos Ambientais na Gerêncial Executiva de Responsabilidade Social, responsável pela gestão do projetos da linha de Ocenaos e Florestas do Programa Petrobras Socioambiental Também atua como pesquisador sênior no Centro Brasileiro Relações Internacionais (CEBRI).

Guibson Trindade Torres

Pacto de Promoção da Equidade Racial

Pernambucano, comunicólogo especialista em Relações Públicas, tem MBA em Gestão de Pessoas, com expertise em elaboração, articulação e mobilização de ações sociais, bem como na realização de projetos de assistência comunitária, com vivência em Educação, Saúde e Equidade Racial. Atuou como Relações Públicas e Institucionais, em empresas do segmento Governamental, Instituições filantrópicas e Organizações do terceiro setor e atualmente é o Gerente Executivo da Associação Pacto de Promoção da Equidade Racial.

Gustavo Bernardino

Gerente de programas do GIFE

É formado em Relações Internacionais e mestre em Gestão e Políticas Públicas, com mais de 10 anos de trajetória profissional no setor público e terceiro setor, é gerente de programas do GIFE.

Henri Lockerente

Especialista em ASG na BNP Paribas Asset Management Brasil

Graduado em Direito pela Universidade de Aix-em-Provence, com Pós-Graduação em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral e Mestrado em Direito Financeiro pela Universidade Paris 1 Pantheon Sorbonne e Mestrado em Gestão & Finanças pela HEC Paris School of Management. Iniciou sua carreira no Banco Société Générale como Especialista de Produtos Estruturados em 2008, atuando posteriormente como Comercial Institucional. Em 2011, juntou-se ao BNP Paribas Cardif como Coordenador de Investimentos da América Latina e posteriormente como Chief Investment Officer no Brasil. Juntou-se a BNP Paribas Asset Management Brasil em junho de 2020 como Gestor de Renda Fixa e possui o CFA ESG Investing (certificação internacional que considera investimentos ESG).

Hermes de Sousa

Fundador do Instituto Cacimba

É Fundador do Instituto Cacimba e do Instituto Nova União da Arte-NUA de São Miguel Paulista, da Quebrada Sustentável e de uma rede de articulações comunitárias em União de Vila Nova, criador da Escola Debaixo da Ponte, entre outros empreendimentos sociais e comunitários, como o Instituto Cacimba de Responsabilidade Social (Fundação de base comunitária) e do Polo Uni Diversidade da Quebrada de educação desenrolada.

João Paulo Pacifico

CEO Ativista Grupo Gaia

É Fundador do Grupo Gaia, Empresa B do mercado financeiro, com mais de R$ 20 bi em operações em 13 anos. – Atua com investimentos de impacto socioambiental e realizou operações inovadoras, como CRA Cooperativas MST e Token Raiar. Co-fundador da ONG Gaia+. Também é  Conselheiro do Greenpeace Brasil e Autor dos livros Onda Azul e Seja Líder como o Mundo Precisa. É Top Voice no LinkedIn (460 mil seguidores). 

Leonardo Letelier

CEO e fundador da SITAWI Finanças do Bem

É CEO e fundador da SITAWI Finanças do Bem e possui mais de 20 anos de experiência em negócios, finanças e impacto social. Anteriormente, trabalhou na McKinsey por oito anos. Ele foi eleito Senior Fellow Synergos, Responsible Leader BMW Foundation e Empreendedor Social de 2021 pela Fundação Schwab e a Folha de São Paulo. Até hoje, a SITAWI mobilizou mais de R$ 300 milhões para impacto. Leonardo tem MBA pela Harvard Business School e é engenheiro de Produção pela USP. Ele é casado com a Luciamara e é pai da Clara.

Louize Oliveira

Supervisora de Cidadania Financeira no Instituto Sicoob

Atua há mais de 10 anos no mercado financeiro, especialmente, no cooperativismo financeiro, trabalhando nas áreas de: Crédito & Risco, Gestão Jurídica e Cobrança, com experiência em negociação, gestão de projetos e inovação. Hoje, atua junto ao Instituto Sicoob, frente ao Eixo Cidadania Financeira, com o objetivo de desenvolver o processo de monitoramento e avaliação dos programas de Educação Financeira, bem como a implementação da Agenda Sistêmica de Educação Financeira do Sicoob.

Lucia Dellagnelo

Diretora Presidente do Centro de Inovação para Educação Brasileira-CIEB

É mestre e doutora em Educação pela Universidade de Harvard. Atualmente e Diretora Presidente do Centro de Inovação para Educação Brasileira-CIEB. Atuou como consultora do Banco Mundial e de fundações nacionais e internacionais na área da educação e desenvolvimento humano. Foi Secretária de Estado da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Santa Catarina. É fundadora do ICom-Instituto Comunitário Grande Florianopolis e co-fundadora do Social Good Brasil.

Luiza Helena Trajano

Presidente do Conselho do Magazine Luiza e Presidente do Grupo Mulheres do Brasil

Mafoane Odara

Líder em Recursos Humanos para América Latina na Meta

É psicóloga e mestre em Psicologia pela Universidade de São Paulo. É colunista, consultora, pesquisadora, ativista e hoje atua como líder de recursos humanos para América Latina na Meta. Mãe do Mudrik Diop (8) e da Makini Niara (5), é uma das importantes vozes brasileiras nos debates de diversidade, equidade e inclusão no mundo corporativo e público. É presidente do Conselho de Administração do Fundo Brasil de Direitos Humanos e integra o Conselho de Diversidade da FGV-SP e os Conselhos Consultivos do Instituto para igualdade de gênero na política – Vamos Juntas – e da Escola de Formação Política – RenovaBR. Além disso, é integrante das Redes de Líderes Políticos da RAPS (Rede de Ação Política pela Sustentabilidade), da Fundação Lemann e do Movimento Agora!.

Marcia Groszmann Faria

Líder de investimentos para Instituições Financeiras do BID Invest

Marcia ingressou no BID Invest em fevereiro de 2018, e atualmente atua como Líder de Investimentos para Instituições Financeiras Brasileiras. Ela é responsável pelo relacionamento entre o mercado financeiro brasileiro e o BID Invest, onde origina e executa transações com intermediários financeiros sustentáveis.

Antes disso, Marcia foi Head de Instituições Financeiras Internacionais para o Brasil no Itaú BBA. Ela tem mais de 20 anos de experiência no mercado brasileiro, com especialização em relações internacionais, captação de recursos e operações estruturadas.

É graduada em Economia pela Universidade de São Paulo e possui MBA pela Fundação Dom Cabral.

Márcia Kalvon Woods

Assessora da Fundação José Luiz Egydio Setúbal

Tem mais de 20 anos de experiência em gestão de organizações do terceiro setor e investimento social privado. É assessora da Fundação José Luiz Egydio Setúbal, Presidente do Conselho Deliberativo da ABCR – Associação Brasileira dos Captadores de Recursos, membro do Conselho Curador da Fundação Stickel, Comitê Coordenador do Movimento por uma Cultura de Doação e Presidente da SAAP – Associação dos Amigos de Alto dos Pinheiros.

Marcilio Pousada

CEO da RD – RaiaDrogasil

CEO da RD – Raia Drogasil, rede de farmácias em 27 estados do Brasil, com mais de 50.000 funcionários e o propósito de cuidar da saúde e bem-estar das pessoas em todos os momentos da vida. Sua maior motivação é ajudar no desenvolvimento das pessoas para que a RD continue crescendo de forma ágil e sustentável.  Leitor voraz de literatura, história e negócios, acredita que a leitura transforma pessoas e potencializa a criação de uma sociedade mais justa, com oportunidade para todos. Foi CEO também na Saraiva e Officenet. E atuou como diretor comercial no Submarino e no Walmart.

Mariana Brunini

Coordenadora Executiva do Movimento por uma Cultura de Doação

Coordenadora Executiva do Movimento por uma Cultura de Doação. Formada em Relações Internacionais pela PUC-SP, com MBA em Sustentabilidade pela FGV-SP e Cultura Popular Brasileira pelo Instituto Brincante. Desenvolveu sua carreira nas áreas de Investimento Social e Desenvolvimento Humano, como gestora de projetos em instituições como Banco Real/Santander, Rosenbaum e Oxfam India. É fotógrafa documental e fundadora da P A L A F I T A S – jornadas de desenvolvimento pessoal e organizacional por meio de vivências em comunidades tradicionais. Co-fundadora do Comitê de Jovens Empreendedores da FIESP, da OSCIP Projeto LACE e do Famílias pelo Clima, grupo de ativismo para justiça climática. 

Matthew Bishop

Escritor e um dos fundadores do Catalyst 2030

Foi escritor e editor da The Economist por mais de 25 anos. Entre 2018 e 19, ele liderou o Bellagio Center da Rockefeller Foundation, focado em reunir pessoas para o enfrentamento de alguns dos maiores desafios do mundo. Com uma variedade de papéis como jornalista, editor e liderança, Matthew se comprometeu a transformar boas ideias em ações potentes. Bishop co-fundou o Social Progress Index, ajudou a lançar a campanha #GivingTuesday e foi membro da Força-Tarefa do G8 sobre Investimento de Impacto Social. Atualmente está envolvido com o projeto Catalyst 2030. Matthew é co-autor de vários livros, incluindo (com Michael Green) ‘Philanthrocapitalism: How Giving Can Save the World’.

Mônica Rodrigues Dias Pinto

Chefe de educação do UNICEF Brasil

É Mestre em Educação – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC RJ), com MBA de Gestão em Ambientes Digitais – COPPE/UFRJ. Participou do Programa de Desenvolvimento de Executivos – Fundação Dom Cabral e possui Pós-graduação em História e Cultura Contemporânea – Instituto Metodista Bennet e Graduação em Pedagogia – UERJ Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Atuou no Terceiro Setor por 25 anos e já trabalhou por dez anos como professora e gestora pedagógica. É membro do Conselho de Governança do GIFE.

Mônica Sodré

Diretora executiva da Rede de Ação Política pela Sustentabilidade – RAPS

Cientista política e mestre pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), com doutorado em Relações Internacionais pela Universidade de São Paulo (USP) e especialização pelo Columbia Global Centers da Universidade de Columbia (New York – EUA). É membro do Conselho Consultivo do Instituto Ruth Cardoso, foi professora de pós-graduação em Ciência Política e atuou como consultora de projetos para organizações privadas e da sociedade civil em temas como sistema político, eleitoral e partidário brasileiro e relações entre Executivo e Legislativo. 

Neil Heslop

CEO da Charities Aid Foundation

Ingressou na CAF em outubro de 2020, vindo da instituição internacional para deficientes físicos Leonard Cheshire, onde atuou como Diretor Executivo desde 2016. Neil perdeu a visão aos 21 anos e é formado em direito pela Universidade de Newcastle. Ele possui um MBA da Cranfield School of Management e um Diploma pelo Chartered Institute of Marketing. Neil é cofundador da organização Blind In Business, atuando como administrator desde 1992 e atuando como consultor do governo do Reino Unido na introdução da Lei de Discriminação por Deficiência. Ele se tornou CEO da Leonard Cheshire Disability em 2016. Neil foi anteriormente copresidente do Disability Charities Consortium.

Osmar Lima

Chefe do Departamento de Estruturação de Projetos do BNDES

Engenheiro de Produção pela UFRJ com mestrado em Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ e certificação CFA. Possui12 anos de atuação do BNDES tendo atuado nas áreas de financiamento, investimento e desestatização. Atualmente ocupo o cargo de Chefe do Departamento de Estruturação de Projetos Imobiliários do BNDES.

Paula Fabiani

CEO do IDIS

Tem a trajetória marcada pela atuação nos campos da filantropia e cultura de doação, estando à frente de iniciativas como a Pesquisa Doação Brasil, o Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais e a Coalizão pelos Fundos Patrimoniais Filantrópicos. No campo da incidência política, teve sucesso na aprovação de duas legislações, nos âmbitos estadual e federal. Autora de dois livros sobre Fundos Patrimoniais e de livro sobre Primeira Infância, Paula é a única brasileira certificada na metodologia de avaliação de impacto SROI (Social Return on Investment) pela Social Value UK.

Economista formada pela FEA-USP, com MBA pela Stern School of Business – New York University e especializações no país e no exterior, é Empreendedora Cívica da RAPS, membro fundador do Catalyst 2030 Brasil e membro dos Conselhos do Instituto Vladimir Herzog, WINGS e Instituto Mol. Atualmente, é aluna do doutorado em administração da FGV, na linha de pesquisa Gestão de Operações e Sustentabilidade.

Paula Gonçalo

Coordenadora de Projetos do IDIS

É Coordenadora de Projetos do IDIS. Bacharel em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com pós-graduação em Direito da Criança e do Adolescente pela Università La Sapienza e em Gestão de Organizações do Terceiro Setor pela FGV, atuou como voluntária em projetos sociais no Brasil, na Itália e na África do Sul.

Raphael Mayer

Co-Fundador e gestor da Simbiose Social

Eleito como um dos 30 under 30 pela Forbes em 2021, Vencedor do Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2018 pela Fundação Schwab (Fórum Econômico Mundial) e Folha de São Paulo, é Co-Fundador e gestor da empresa Simbiose Social (empresa B certificada). Atualmente atua apoiando a gestão de investimentos incentivados de mais de 40 multinacionais no Brasil, entre elas empresas como Volkswagen, IBM, Unilever, Facebook, entre outras. Especialista em leis de incentivo, formado em Administração de Empresas com especialização em Empreendedorismo Social pela EAESP–FGV, passou por cursos de gestão e estratégia em Babson University (Boston), London Business School (Londres) e Oxford University (Oxford), fez parte do primeiro centro de inovação do Facebook no mundo (Estação Hack), representou o Brasil no Fórum Mundial de Impacto social (Skoll Foundation), passou por acelerações como Artemísia e Din4mo. Trabalhou junto a área de marketing da empresa Ambev.

Regina Moraes

Fundadora do Instituto Velho Amigo

Entusiasta de transformações e uma eterna apaixonada por causas sociais. A empreendedora social traz em sua história um poderoso legado de amor ao próximo, impulsionando iniciativas no terceiro setor há mais de 23 anos. Em 1999, ela fundou o Instituto Velho Amigo, organização que tem como grande propósito contribuir para a inclusão social de idosos em situação de vulnerabilidade, promovendo um envelhecimento saudável com autonomia, respeito e dignidade. Em 23 anos de atuação, o Instituto já impactou mais de 30.000 idosos no Brasil e segue ampliando atividades e programas. Em 2014, com a vontade de inspirar mais e mais pessoas para que tenham um novo olhar sobre as causas sociais, Regina idealiza o Retrato Social, produtora de conteúdo e plataforma de comunicação que surge para jogar luz em histórias potentes de pessoas extraordinárias e gestos transformadores criam um mundo melhor.

Renata Biselli

Head de Impacto Social no Banco Santander

Renata é administradora pela PUC-SP com MBA em Gestão e Empreendedorismo Social pela FIA/USP. Possui mais de 20 anos de carreira em organizações como J.P. Morgan, ISMART, Comunitas e Insper. Atualmente é Head de Impacto Social no Banco Santander sendo responsável também pela frente de endowments. É conselheira da Arte Despertar, do Pró-Saber SP, do Instituto C, do Instituto Tellus, da Fundação Paiol Grande e da FLUPP – Fundação Lucia e Pelerson Penido.

Rodrigo Hübner Mendes

Fundador e superintendente do Instituto Rodrigo Mendes

É mestre em Gestão da Diversidade Humana pela Fundação Getúlio Vargas e atua como professor e pesquisador na área da educação inclusiva. É fundador e superintendente do Instituto Rodrigo Mendes, organização sem fins lucrativos cuja missão é garantir que toda pessoa com deficiência tenha acesso a uma educação de qualidade na escola comum. O Instituto desenvolve programas de pesquisa, formação continuada e advocacy. Nos últimos anos, atendeu educadores de todos os Estados brasileiros, tendo impactado diretamente mais de 1,5 milhões de estudantes das redes públicas de ensino. Rodrigo é empreendedor social Ashoka e membro do Young Global Leaders (Fórum Econômico Mundial). Desde 2015, trabalha como consultor para a UNESCO e para o Governo de Angola.

Rodrigo Pipponzi

Presidente do Conselho na Grupo MOL

Formado em Administração de Empresas pela FGV-SP, com especialização em Empreendedorismo Social pela Universidade de Stanford (EUA), é fundador ao lado da jornalista Roberta Faria da Editora MOL, editora de impacto social que em parceria com redes varejistas já doou mais de R$ 49 milhões a dezenas de organizações sociais. Além de exercer há mais de uma década a direção executiva da MOL, é fundador e conselheiro do Instituto ACP e do Instituto MOL, vice-presidente do conselho do GIFE e membro do conselho do Sistema B, além de investidor em startups de impacto social.

 

Ruy Fortini

Diretor executivo da Doare

Especialista em captação de recursos online para organizações filantrópicas. Atua como diretor executivo da Doare, onde mobilizou mais de R$120 milhões em doações para o setor social. Entusiasta de tecnologias da Web 3.0, desenvolveu a primeira coleção de NFTs filantrópicos no Brasil.

Sonali Patel

Sócia do escritório da Bridgespan em Nova York

Ela está na Bridgespan desde 2014 e trabalhou principalmente na prática de filantropia em uma ampla gama de projetos, desde estratégia de iniciativa até design organizacional. Ela trabalhou com o Tata Trusts desenvolvendo a estratégia de desnutrição na Índia, bem como apoiando o redesenho de processos para doações. Ela passou os últimos dois anos trabalhando com a Fundação Rockefeller na concepção de grandes iniciativas em emprego de jovens, sistemas alimentares globais e ciência. Mais recentemente, ela trabalhou com uma grande fundação familiar global, primeiro apoiando a fundação no desenvolvimento da visão, missão e princípios e, em seguida, em um esforço separado para promover mais colaboração e inovação entre os membros da família. Antes de ingressar no The Bridgespan Group, Sonali estava na Bain & Company trabalhando principalmente na prática de saúde. Enquanto esteve na Bain, seu trabalho se concentrou em uma ampla gama de questões, incluindo estratégia de crescimento, redesenho organizacional e de processos e melhoria de desempenho. Sonali formou-se na Duke University com bacharelado em psicologia e recebeu seu MBA pela The Wharton School. Ela atualmente mora em Rye, NY com o marido e três filhos.

Stella Moraes

Fundadora e gestora da ONG Anjos da Tia Stellinha

Tem 37 anos e tem como formação Serviço Social, é Pós-graduada em gestão de políticas públicas para a família, infância e juventude; em elaboração e gestão de projetos sociais; e também em direitos humanos, responsabilidade social e cidadania global. É Mestranda em desenvolvimento local e Ganhadora do prêmio Empreendedor Social da Folha de são Paulo. É criadora de tecnologias sociais. 

Vivianne Naigeborin

Superintendente da Fundação Arymax

Desde 2019, é Superintendente da Fundação Arymax, que tem como principal foco de atuação a inclusão produtiva de pessoas em vulnerabilidade econômica no mundo do trabalho. De 2007 a 2019, atuou como Strategic Advisor da organização global Potencia Ventures e, de 2000 a 2007, como Diretora Internacional de Parcerias Estratégicas e de Integração da América Latina da Ashoka. Formada em Odontologia pela USP, é Yale World Fellow pela Universidade de Yale, membro da Rede de Líderes da Fundação Lemann e conselheira de diversas organizações da sociedade civil.

Wellington Nogueira

Fundador do Doutores da Alegria

Em 1991, fundou a associação pioneira Doutores da Alegria. Depois de 25 anos à frente de uma das organizações mais premiadas do mundo, resolveu ampliar a missão levando tudo o que aprendi para outros espaços além dos hospitais. É paulistano, casado com a Mara e pai do Theo.