História

O IDIS nasceu do sonho de um dos mais importantes profissionais do terceiro setor brasileiro. Marcos Kisil, ou Doutor Marcos Kisil como é comumente chamado por sua formação médica, idealizou e fundou uma organização capaz de gerar conhecimentos e aplicar técnicas para apoiar investidores sociais, ampliando as relações entre estes investidores e os empreendedores sociais. Fundou o IDIS em 1.999, organização sem fins lucrativos que apoiou as principais empresas e famílias brasileiras nas suas jornadas filantrópicas.

Muitos se juntaram a este sonho. Ao longo dos anos, passaram pelo IDIS milhares de pessoas entre colaboradores, voluntários, conselheiros, clientes e parceiros que juntos contribuíram para a construção de um Brasil mais justo e solidário, ampliaram seus conhecimentos e suas ambições de transformar o mundo à sua volta.

Quando completamos 20 anos, reunimos em uma publicação a nossa história.

Conheça alguns destaques:

1999

Marcos Kisil funda o IDIS, com apoio da Fundação Kellogg.

2000

Criação do Programa DOAR, pioneiro de apoio ao desenvolvimento do investimento social na comunidade.

2001

Criação de área focada em famílias e indivíduos trazendo o conceito de investimento social familiar (ISFAM) e buscando o desenvolvimento de uma filantropia familiar eficiente e estratégica.

2002

Primeiras publicações do IDIS: “Investimento Social Privado: Elementos para Reflexão”, “Investimento Social Familiar: Elementos para uma Ação Estratégica” e “Investimento Social Privado no Brasil: Mobilizando Recursos para a Cidadania”.

2003

Realização do ‘Seminário Internacional de Marketing Relacionado à Causas’, marco da chegada do conceito ao Brasil.

2004

Série de workshops sobre investimento social familiar no Brasil, buscando qualificar e aumentar a filantropia praticada pela população de mais alta renda.

2005

Início da parceria com a britânica Charities Aid Foundation (CAF), passando a representa-la no Brasil.

2006

Lançamento de website, reafirmando o objetivo do IDIS se tornar referência em conhecimento sobre investimento social privado.

2007

Lançamento do InVista Social, newsletter mensal com conteúdos sobre Investimento Social Privado e Cultura de Doação.

2008

Criação da Foundation School, parceria do IDIS, com a CAF Reino Unido e a CAF Rússia para a disseminação de práticas inovadoras para os investidores sociais corporativos e familiares.

2009

Comemoração dos 10 anos do IDIS, com processo de reflexão e readequação de sua gestão e estrutura, em um cenário de crise econômica e escassez de recursos no Terceiro Setor.

2010

Divulgação da primeira edição do World Giving Index, o primeiro ranking global de solidariedade, classificando mais de 130 países.

2011

Realização de evento sobre Fundos Patrimoniais, lançando o debate sobre o tema no Brasil.

2012

Primeira edição do Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais, único evento do país voltado quem doa recursos para projetos sociais e ambientais, em parceria com o Global Philanthropy Forum.

2013

Produção do documentário Investimento Social Privado: O Presente é o Futuro, primeiro longa-metragem do IDIS.

2014

Paula Fabiani assume a presidência do IDIS, substituindo o fundador, Marcos Kisil.

2015

Consultoria para a FEHOSP, realizando um grande projeto de capacitação em mobilização de recursos para mais de uma centena de Santas Casas e hospitais beneficentes do estado de São Paulo.

2016

Lançamento da primeira edição da Pesquisa Doação Brasil, única a traçar o perfil do doador e do não doador brasileiro, além de projetar o volume total doado pelos indivíduos no Brasil.

2017

IDIS é reconhecido como uma das 100 melhores ONGs do Brasil, se destacando quanto à sua gestão, governança, transparência, comunicação e financiamento.

2018

Descubra sua Causa é lançada, iniciativa para fortalecer a cultura de doação e primeira vez que o IDIS se comunica diretamente com a sociedade como um todo.

2019

Lei dos Fundos Patrimoniais é sancionada, fruto de ação de advocacy liderada pelo IDIS. IDIS comemora 20 anos.

2020

Criação do Fundo Emergencial para a Saúde, com destinação de R$ 40 milhões a 60 hospitais. Ação é reconhecida no Prêmio Folha Empreendedor Social.