#FórumIDIS: Filantropia se fortalece durante a pandemia

Beatriz Bracher e Antônio Carlos Pipponzi foram os entrevistados pela jornalista Eliane Trindade, editora do Prêmio Empreendedor Social, da Folha de São Paulo, na tradicional sessão “Em Conversa Com” do Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais, que traz inspirações para a filantropia familiar.

Registro gráfico da artista Mila Santoro, Regência Criativa

Escritora e roteirista, Beatriz contou aos participantes do Fórum como sua profissão ajudou a entender melhor o papel da filantropia. “Ser escritora me permite estar no lugar do outro, crio personagens horríveis e personagens maravilhosos”, revela.

Ao mesmo tempo, Beatriz se preocupa com os diversos termos e jargões que se atrelaram à filantropia nesses últimos tempos. “Parece que virou uma área só de especialistas. Não pode se tornar algo distante do dia a dia”, reforça a filantropa.

O outro convidado da sessão “Em Conversa Com”, Antonio Carlos Pipponzi, presidente do conselho administrativo da RaiaDrogasil e também presidente o conselho do Instituto ACP, disse acreditar que o setor empresarial percebeu, na prática, a importância da doação. “As empresas terão que seguir mobilizadas no pós-pandemia, em nível menor, claro, mas a sociedade vai cobrar, os funcionários também”, reforça.

A televisão, afirma, foi muito feliz ao divulgar diariamente as ações de solidariedade. “Uma coisa é doar e outra é ir a fundo para entender a raiz do problema e promover uma doação transformadora. Fizemos doações para 50 hospitais e sentimos como é difícil sair da intenção e chegar na prática”, revela Pipponzi.

Leia também:   Fundo Emergencial para a Saúde atinge meta de R$ 40 milhões com 41 beneficiários

Veja aqui a conversa na íntegra:

Com o tema “Novos Horizontes – Reflexões para uma filantropia pós-pandemia”, o Fórum acontece, de forma virtual, nos dias 17 e 18 de setembro. Neste evento, buscamos estimular e inspirar os investidores sociais a continuar doando tempo, recursos e conhecimento para a construção de um mundo mais justo e melhor para todos.

O Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais é realizado pelo IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social com o Global Philanthropy Forum. São parceiros ouro desta edição Fundação José Luiz Egydio Setubal e Santander, e parceiros bronze BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento, BNP Paribas Asset Management, Bradesco Private Bank, Instituto ACP, Mattos Filho Advogados e Movimento Bem Maior.