IDIS é uma das 100 melhores ONGs do Brasil

Com muita alegria e orgulho o IDIS recebeu a notícia de que foi reconhecido como uma das 100 melhores ONGs do Brasil. Em sua terceira edição, o Prêmio, promovido pelo Instituto Doar, considera cinco grandes temas ligados à transparência e à gestão para avaliar as organizações inscritas: causa e estratégia de atuação; representação e responsabilidade; gestão e planejamento; estratégia de financiamento e comunicação; e prestação de contas.

Em 2019, o Prêmio Melhores ONGs bateu recorde de participantes. Foram 757 inscrições completas, 12% a mais do que no ano anterior e quantidade quase 44% superior à registrada em 2017. Todas as regiões do Brasil foram contempladas. De acordo com pesquisa conduzida pelo IBGE, existem hoje cerca de 300 mil organizações sociais formalmente registradas no Brasil.

O Prêmio também selecionou destaques dentro de algumas categorias, de acordo com causas e geografia. Neste ano, foi escolhida como Organização do Ano a Associação Peter Pan, de Fortaleza, Ceará.  Parceiros recentes do IDIS também foram contemplados. Os destaques nas categorias Cultura e Educação foram, respectivamente, a Santa Marcelina Cultura e o CEAP, para os quais realizamos projetos de avaliação de impacto.

“Estamos vivendo um momento em que a credibilidade das organizações sociais é colocada em xeque. Como setor, precisamos nos organizar para mudar esse cenário. Mostrar à sociedade o impacto que geramos é fundamental, assim como dar luz às práticas de transparência e gestão. Neste sentido, o Prêmio Melhores ONGs tem grande valor” destaca Paula Fabiani, diretora-presidente do IDIS. E complementa: “No Brasil, há muitas organizações que se sobressaem e para nós é uma honra estar entre as 100 mais uma vez”.

Leia também:   100 mil pessoas já descobriram sua causa

A missão do Instituto Doar é ampliar a cultura de doação no Brasil e ao realizar esta seleção, acredita que dá luz às organizações mais preparadas para receber voluntários e doações de indivíduos. Melhores ONGs 2019 é uma iniciava do Instituto em parceria com a Rede Filantropia e O Mundo que Queremos, com o apoio do Programa VOA da AMBEV, do Instituto Humanize e da Fundação Toyota.