Você sabe qual é a sua causa?

 

Por Andréa Wolffenbüttel*

 

Muitas pessoas me procuram dizendo que querem fazer algo para ajudar a transformar a sociedade, para melhorar as condições de vidas dos mais necessitados, para contribuir com um mundo melhor, mas não sabem por onde começar.

Costumo responder que é natural ter esse tipo de dúvida. Afinal, os problemas são muitos, são grandes e variados. Por outro lado, nossos recursos, quase sempre, são poucos diante de tanta complexidade.

Por isso mesmo, é importante pensar antes de fazer uma doação ou um trabalho voluntário, para conseguir produzir a maior diferença possível com essa contribuição.

Quando dou essa resposta, normalmente as pessoas pensam que estou me referindo a fazer a maior diferença na vida dos beneficiários, mas estou dizendo fazer a maior diferença na vida do doador.

É isso mesmo… doar ou fazer trabalho voluntário é uma via de mão de dupla. Ganha quem recebe, mas também ganha, e muito, quem faz. Ganha satisfação, ganha sentido de completude, ganha gratidão, ganha mais um propósito na vida.

Então costumo orientar a pessoa a pensar sobre o que ela quer transformar no mundo. O que faz sentido para ela? Ajudar quem está doente? Limpar os rios? Ensinar alguém a trabalhar para que consiga um emprego? Qual é a sua causa?

Quanto mais alinhada a doação ou o trabalho voluntário estiver com quem o faz, maior será a satisfação, o empenho e o senso de responsabilidade.

Leia também:   Confira os vídeos do Fórum de Filantropos e Investidores Sociais de 2019

E todos esses elementos vão se refletir na transformação provocada por aquela doação, seja ela de dinheiro, tempo, bens, conhecimento, etc.

Quando uma pessoa tem uma causa, ela fica sempre atenta ao que está acontecendo e se preocupa em encontrar as melhores oportunidades para atuar. Ela cuida mesmo daquele tema e se sente fazendo parte (dos problemas e das soluções).

Se você é uma dessas pessoas que quer mudar o mundo mas não sabe o que fazer, te apresento o www.descubrasuacausa.net.br. Depois de completar um teste rápido e divertido, você saberá quais são as causas que mais te sensibilizam e conhecerá organizações para as quais pode doar ou fazer trabalho voluntário.

Se não estiver pronto para nada disso, lá você também poderá se informar melhor sobre suas causas, até se sentir maduro para colocar a mão na massa.

Que tal fazer esse teste agora no final do ano e entrar 2020 com uma causa no coração?

Feliz ano novo para você!!!!

__

Andréa Wolffenbüttel é Diretora de Comunicação do IDIS