NOTÍCIAS

Conheça os vencedores do edital do Instituto AIPI em parceria com o IDIS

26 de abril de 2021

O Instituto AIPI, mantido pela International Paper, promoveu um edital para selecionar cinco organizações com projetos voltados à Educação com Cidadania, em parceria com o Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS) e apoio da marca Chamex. Os cinco projetos vencedores receberão até R$ 30 mil cada para a sua implementação e execução. A iniciativa tem como objetivo estimular o exercício da cidadania e promover um papel mais proativo na área da educação.

As organizações vencedoras foram: Associação Junior Achievement Pernambuco, com o “Programa Liderança Comunitária”; Mobis, com o projeto “Jornada do Educador da Cidadania”; Aldeias Infantis SOS Brasil, com o projeto “Jornada de Educação: Brincando com os ODS”; Associação Educacional Evangélica Luterana – AEEL, com o projeto “Cidadania e Água limpa: direito de todos”; Associação de Moradores do Barro Vermelho e Santa Luíza (AMBVSL), com o projeto “Disseminar a prática do descarte consciente dos resíduos domiciliares”. Os projetos são oriundos das cidades de Recife (PE), Porto Alegre (RS) (2), Teófilo Otoni (MG) e Vitória (ES), respectivamente.

Os recursos serão utilizados para implementar ações que, por meio da educação, possam estimular o exercício da cidadania ativa e despertar a consciência crítica e a criatividade necessárias para articular e mobilizar as pessoas em ações sociais transformadoras.

“Acreditamos na educação como instrumento de transformação da sociedade, esse é o nosso papel. Selecionamos com muito cuidados os projetos para estimular cada vez mais a formação de cidadãos ativos e engajados”, afirma Mariana Claudio, gerente executiva do Instituto AIPI.

O Instituto AIPI foca seus esforços em dois pilares principais: “despertar a cidadania, oferecendo formas, conteúdos e capacitação para as escolas e centros de formação para que trabalhem temas que despertem a proatividade e a responsabilidade da cidadania nas pessoas; e “gerar transformação”, identificando, selecionando e capacitando pessoas e instituições com potencial para impulsionar seus projetos de impacto social nas comunidades das quais a empresa faz parte.

 

Sobre os projetos

 

Programa Liderança Comunitária – Recife

O Programa Liderança Comunitária proporciona aos estudantes a experiência da criação e operação de uma organização comunitária. Os estudantes analisam a situação da comunidade local, identificam um aspecto a ser melhorado, constituem uma organização, elaboram um projeto de serviço comunitário e praticam a liderança.

 

Jornada do Educador da Cidadania: uma formação para educadores que querem levar a cidadania ativa para os seus estudantes – Porto Alegre

Projeto realizado virtualmente, aberto a educadores das redes públicas e privadas de todo país. Até 30 educadores são selecionados para uma formação em cidadania ativa com especialistas. Ao longo de uma semana, são realizadas atividades teóricas e práticas, nas quais os educadores adquirem conhecimentos, trocam experiências e desenvolvem práticas pedagógicas para despertar a cidadania ativa em seus alunos.

 

Jornada de Educação: Brincando com os ODS – Porto Alegre

Tem como público-alvo os professores da rede pública e colaboradores de OSCs. O objetivo é capacitar participantes nos 17 ODSs (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU; disponibilizar acesso à formação EAD na metodologia desenvolvida em parceria com o Instituto Maurício de Sousa (que conta com 18 gibis da Turma da Mônica sobre temas como fome, saúde, gênero, meio ambiente e outras agendas relevantes) e disponibilizar kits de Gibis às escolas e organizações locais dos municípios alcançados pela Organização.

 

Cidadania e Água limpa: direito de todos – Teófilo Otoni

O projeto prevê a criação coletiva de metodologia para a promoção da boa gestão da água no município. Crianças, adolescentes, jovens, educadores, lideranças, usuários e trabalhadores da assistência social serão mobilizados para criar material de divulgação (material impresso, banners e sites) com informações sobre o tema, sugerir oficinas e formar uma rede de proteção aos recursos hídricos.

 

Disseminar a prática do descarte consciente dos resíduos domiciliares – Vitória

O projeto se propõe a capacitar moradores do Barro Vermelho e Santa Luíza (onde a coleta seletiva alcança apenas 5% das residências) para gerenciamento de resíduos sólidos e do uso adequado do serviço de Coleta Seletiva. Serão realizadas ações educativas e informativas para administradores, moradores e crianças, da seguinte forma: 2.000 inscrições em jogo para engajamento, 120 inscrições em 8 oficinas para formação de agentes multiplicadores da prática; 75 inscrições em 5 palestras sobre gerenciamento de resíduos domiciliares especiais, além da distribuição de encartes e mídia social com conteúdo sobre destinação ambientalmente correta.