Educação para o trabalho e para a vida: história de uma avaliação de impacto

No ano passado, o IDIS teve a oportunidade de aplicar a metodologia Social Return on Investment (SROI) para avaliar o impacto de diversos projetos sociais.

Raquel Altemani realizando um grupo focal com alunos do CEAP

Um deles foram os Cursos Técnicos do Centro Educacional Assistencial Profissionalizante, mais conhecido como CEAP. A organização esperava que, caso a avaliação se mostrasse positiva, poderia contribuir para a arrecadação de recursos para seu recém-criado Fundo Patrimonial Filantrópico.

Técnico e humano Apesar da palavra ‘profissionalizante’ constar no nome da organização, a verdade é que, desde meados da década de 1980, os cursos do CEAP se propõem não só a preparar jovens em situação de vulnerabilidade para terem uma profissão, senão para que também consigam conduzir suas próprias vidas e contribuir para a sociedade.

Esse diferencial representou um grande desafio para o IDIS porque exigiu, além da mensuração do impacto no campo profissional, também a avaliação dos efeitos em termos de desenvolvimento humano, que envolve aspectos muito mais subjetivos.

Um dos pontos importantes do processo realizado pelo IDIS foi a construção de uma Teoria de Mudança dos Cursos Técnicos que indique claramente quais as transformações sociais pretendidas e os objetivos de longo prazo da iniciativa. Raquel Altemani, gerente de Projetos do IDIS, que liderou os trabalhos com o CEAP, pôde constatar, em parceria com as principais lideranças da organização, que os Cursos Técnicos buscam impactar os alunos em quatro eixos de mudança.

  • Formação técnica de excelência;
  • Ética e responsabilidade na relação com famílias, amigos e sociedade
  • Habilidades sociais desenvolvidas;
  • Perspectivas de futuro e disposição para perseguir objetivos.

A Teoria de Mudança foi a base para as etapas seguintes, de conversas com grupos focais e aplicação de questionário para coleta de dados qualitativos e quantitativos com os principais stakeholders.

Medindo transformações O próximo passo foi a montagem do modelo de cálculo do SROI, que compara o impacto positivo gerado com o volume total de recursos aplicados. Este é o momento mais desafiador porque exige que o avaliador consiga transformar mudanças e impactos abstratos em bens e serviços com valores mensuráveis e monetários.

Mas a ferramenta SROI oferece diversas alternativas e soluções para essa transformação e o resultado final da comparação dos recursos investidos versus os impactos positivos gerados foi muito positiva.


O CÁLCULO APONTOU QUE

PARA CADA R$1,00 APLICADO NOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES DO CEAP,

R$3,00 SÃO GERADOS EM IMPACTO SOCIAL POSITIVO


“Trabalhar com o IDIS e aplicar o SROI foi uma grande oportunidade de entender melhor a percepção dos alunos, antigos alunos e das famílias sobre os cursos e sobre o CEAP” avalia Gustavo Henrique Pena de Castro, gerente de Desenvolvimento Institucional do CEAP.  “O resultado alcançado é muito significativo com um impacto oferecido à sociedade de extrema relevância. Esse resultado só nos motiva a melhorar ainda mais a Educação oferecida e atender ainda mais pessoas!”, conclui.

Leia também:   Flora, a campeã do Descubra sua Causa!

O levantamento mostrou que os alunos do CEAP conseguem continuar os estudos por mais tempo do que a média normal de sua região (periferia da Zona Sul da cidade de São Paulo), o que acaba por se refletir em progressão de carreira e aumento de renda.

Cuidados individuais e familiares Um importante elemento do curso, que contribuiu muito para o resultado positivo é o CEAP faz com que cada aluno tenha um preceptor, que mantém conversas individuais com ele, sobre os mais variados assuntos, desde orientação de carreira até relacionamento com a família e os amigos.

Além disso, a família também precisa se engajar na formação dos jovens, já que devem comparecer oito encontros por ano, anuais visando ajudá-los a desempenhar melhor a missão de orientar seus filhos. As amizades, a questão das drogas, a formação do caráter e a gestão do orçamento familiar são exemplos de assuntos abordados nesses encontros. Os cursos têm dois anos de duração, o que representa 16 formações voltadas para os familiares no total.

O IDIS parabeniza o CEAP pela excelência de seu trabalho, fazendo votos que os bons frutos comprovados na avaliação sejam revertidos em recursos para o novo Fundo Patrimonial Filantrópico.

Aproveitamos a ocasião para publicar alguns depoimentos espontâneos de alunos e ex-alunos, que ratificam os resultados da avaliação de impacto.


“Formação humana é o grande diferencial do CEAP”

“Tem ótima infraestrutura: diferente de qualquer outra escola”.

“No CEAP me ensinaram que, mesmo que eu escolha o melhor caminho, haverá dificuldades e eu preciso saber lidar com isso”.

“Eu me recordo todos os dias do CEAP e não tem como mensurar o quanto foi positivo para mim. Todos os envolvidos estão permanentemente empenhados com a excelência contínua, fazendo com que eu não tenha o que comentar para melhorar algo que para mim já é excelente em tudo o que faz”.