IDIS recebe doação de US$ 1,5 milhão da filantropa MacKenzie Scott e é destaque no jornal O Globo

O IDIS recebeu uma doação de US$1,5 milhão, equivalente a R$7,5 milhões, da filantropa americana MacKenzie Scott. O IDIS é uma organização da sociedade civil que, há 25 anos, trabalha para fortalecer a filantropia estratégica e seu impacto positivo na sociedade, por meio de apoio estratégico a investidores sociais, entre eles empresas, famílias filantropas e organizações sociais. A notícia foi pauta no jornal O Globo.

O recurso recebido será integrado ao fundo patrimonial do IDIS, mecanismo também conhecido como endowment, que será criado este ano, em comemoração aos 25 anos da organização, e tem como meta a captação de R$25 milhões.

“Os rendimentos da aplicação dos recursos do Fundo Patrimonial serão destinados para expandir nossa atuação no fortalecimento da filantropia no país, uma vez que nos oferece maior estabilidade no longo prazo. É o reconhecimento da relevância do IDIS e do potencial que temos para gerar ainda mais impacto positivo”, explica Paula Fabiani, CEO do IDIS. 

Confira a matéria completa.

Equipe IDIS

Agenda ESG é norte para longevidade das empresas; pauta é destaque no jornal O Globo

O Brasil, embora uma nação jovem, já abriga grandes corporações centenárias que se destacam por sua consistente inovação e adaptação às novas tecnologias e mudanças sociais ao longo de décadas. Esse fenômeno foi destacado em matéria do jornal O Globo.

Um dos direcionamentos recentes para essas empresas tem sido a Agenda ESG. Paula Fabiani, CEO do IDIS, ressalta que as grandes corporações centenárias desempenham um papel relevante na modernização da economia do país, impulsionando práticas sociais, ambientais e de governança, atualmente agrupadas na sigla em inglês ESG.

“Ter visão de cidadania, de desenvolvimento do país, até para que elas tenham mercado e se desenvolvam, é importante. Essas companhias têm influência na agenda ESG. Puxam sua cadeia de fornecedores, consumidores, trazendo quem está alinhado às suas boas práticas. E atraem talentos. Já vimos empresas de grande empresas de grande porte perderem valor por corrupção, falta de ética, impacto ambiental negativo. Para quem busca longevidade, não ter responsabilidade social é um risco muito grande”, diz Paula Fabiani, CEO do IDIS

Confira a matéria completa aqui.